Cobertura Internacional – Eleições 2006: HH pode ter “clone” argentino e pesquisa do Ibope

Na Argentina, a deputada Elisa Carrió está de olho na canditadura de Heloísa Helena aqui no Brasil. Isso porque as eleições para presidênte na Argenta é em 2007.

Segundo Carrió, Heloísa Helena é uma esperança para o povo brasileiro. Tanto Carrió quanto Heloísa são opositoras aos seus governos e dizem ter amado Lula e ter se decepcionado com a atitude dele quando tomou o poder.

Num café da manhã com correspondentes da mídia mundial, a deputada argentina se mostrou muito interessada como é a campanha de Heloísa Helena. “Vi que ela subiu nas pesquisas de opinião, não é? Mas será que vai chegar a um segunto turno?” disse a deputada, conhecida como ‘Lilita’.

Já sobre o Lula, ‘Lilita’ se diz decepcionada: “O que me incomoda é o fato de que um herói não seja mais um heroi”, e completou dizendo que “tinha sonhado com outra coisa: um Lula com um Brasil mais igualitário e com papel e influência mais fortes na América Latina”.

A deputada do ARI (Afirmação para uma República Igualitária), que se defini como “esquerda liberal”, sua ideologia de esquerda está ligada aos atuais problemas da população argentina, sem jamais abandonar a importância da ética na política.

Com informações da BBC Brasil.

Diminui diferença de Lula e Alckmin, diz Ibope.

A pesquisa do Ibope sobre as intenções de voto divulgada ontem no Jornal Nacional, da Rede Globo, diz que a intenção de voto entre Lula e Alckmin diminuiu. Lula ficou em 48% –na pesquisa anterior ele tinha 49%–, enquanto Alckmin subiu de 22% para 25% entre a pesquisa do dia 27 de agosto e o levantamento de ontem.

Com isso, a distância entre o petista e o tucano, que era de 27 pontos, caiu para 23 pontos. A mudança ocorreu logo depois de Alckmin elevar na propaganda eleitoral os ataques ao presidente.

A candidata do PSOL, Heloísa Helena, ficou estável em 9%. Cristovam Buarque, do PDT, e Rui Costa Pimenta (PCO), tiveram 1%.

Na simulação do segundo turno, a intenção de voto em Lula caiu de 54% para 51%, enquanto Alckmin evoluiu de 32% para 36%.

A pesquisa foi feita com 2.002 eleitores distribuidos por 142 municípios, entre os 28 e 31 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s