Entrevista Internacional: Mário Lúcio de Freitas, ex-criador das vinhetas do SBT

Estamos moldando a volta do nosso quadro de entrevistas. Não sabemos se será definitivo e qual dia será, mas enquanto isso é resolvido, veja uma entrevista com Mário Lúcio de Freitas, ex-criador das vinhetas do SBT. Ele criou as vinhetas mais famosas da emissora, como as institucionais “Quem Procura Acha Aqui” e “Vem Que é Bom” e as versões do famoso telejornal “TJ Brasil” e do lendário “Chaves”. Atualmente ele processa o SBT por não ter colocado o nome dele nos créditos dos programas.

Você trabalhou no SBT por quanto tempo?
R – Nunca trabalhei no SBT. O que fiz foi trabalhar para o SBT por uns 15 anos (de 1981 a 1996)

Você já viu o Silvio Santos pessoalmente? Se viu, ele foi o que aparenta ser na TV?
R – Já o vi várias vezes. A primeira delas com ainda em 1960, fazendo a Caravana do Peru.

É verdade que o Silvio Santos te mandava fitas de vinhetas dos EUA para fazer igual (como aquela da NBC)?
R – As vinhetas era vertidas para o português. Eram versões, que a gente fazia. A de 15 anos do SBT é totalmente inédita. Compus especialmente para a data.

Quais dessas 40 vinhetas ainda são exibidas no SBT?
R – Atualmente acho que só a do Chaves.

Quantas vinhetas você já fez para o SBT?
R – Entre inéditas, versões e adaptações, umas 40.

Você fala que o SBT lhe deve mais de 200 milhões de Reais. Como você chegou nesta enorme quantia?
R – O que está sendo cobrado é um dano moral causado pelo não cumprimento da lei do direito autoral, que obriga quem utiliza uma obra artística, no caso, uma música de colocar seus créditos de nominação. Em nenhuma das minhas obras isso foi cumprido. Seu nome tem que aparecer nas legendas do programa. Como isso não foi feito, nesses segundos que estariam meu nome, foram colocados comerciais no lugar. Assim pegamos cinco segundos do valor de cada comercial e multiplicamos pelas vezes que minha música foi ao ar sem meus créditos de nominação e chegamos à esse número.

Você já trabalhou em outra emissora?
R – Já trabalhei como ator na TV Paulista, hoje Rede Globo. (De 1960 a 1967).

Você costuma a assistir os programas do SBT hoje em dia?
R – Vejo muito pouco televisão.

Se o SBT lhe pagasse o que lhe deve e te convidasse para fazer vinhetas novamente você iria?
R – Não pretendo voltar a fazê-las.

Você gostava de ver suas vinhetas na tela?
R – Sim

De onde você tirou inspiração para fazer a vinheta de 15 anos?
R – Eles me deram o “briefing” (O que querem dizer na vinheta, que estilo seria, etc.). Toda música que se pede para ser encaixada num determinado produto precisa de um briefing.

Entre as suas vinhetas feitas, pelo que eu sei estão o “Quem Procura Acha Aqui (eu adoro esssa vinheta)”, todas as versões do “TJ Brasil”, “Chaves” e “Clube do Chaves”. Você poderia listar pelo menos 15 vinhetas feitas por você?
R – Fiz 10 novelas para o SBT: “Os Ricos Também Choram”, “Chispita”, “Lupita”, “Amor Cigano”, “O Direito de Nascer”, “Viviana”, “Sombras do Passado”, “Estranho Poder”, “Jerônimo”, “Pecado de Amor” e “Sombras do Passado”;

No jornalismo fiz “TJ Brasil”, “Aqui Agora”, “Jornal do SBT”, “TJ São Paulo” e “Primeira Página”;

Entretenimento fiz “Hebe”, “Programa Livre”, “A Praça é Nossa”, “Tv Poww” e “Escolinha do Golias”;

Infantis fiz vários, entre eles “Jem e as Hologramas”, “Punky, a levada da Breca”, “Dragon Ball”, “Fly, o Pequeno Guerreiro”, “Bananas de Pijamas”, “Chaves” e “Clube do Chaves”.

Institucionais fiz “Quem procura acha aqui” (todos), “Vem que é bom” (todos) e “Vem que tem” (todos)

Uma última pergunta: Quem procura acha aqui? (risos)
R – Sim, lógico! (risos)

E a entrevista não seria nada se não postássemos algumas vinhetas dele. Aqui estão:

TJ Brasil

Aqui Agora

Chaves

Clube do Chaves

Quem Procura Acha Aqui

Vem Que É Bom

Punk, A Levada da Breca

Fly, O Pequeno Guerreiro

Bananas de Pijamas

Dragon Ball

Chispita

O Direito de Nascer

Anúncios

2 comentários sobre “Entrevista Internacional: Mário Lúcio de Freitas, ex-criador das vinhetas do SBT

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s