Apple anuncia iPhone

iPhone promete revolucionar mercado de celular

A Apple anunciou semana passada o celular iPhone na feira MacWorld 2007. O iPhone é a aposta da Apple no mercado da telefônia movel e que pega onda no sucesso do super-MP3 Player “iPod”, líder de vendas na Europa e nos EUA, que vem se popularizando cada vez mais aqui no Brasil. O mega-celular combina tudo num só lugar iPod, calendário, celular, mapa, internet, e-mail, calculadora, câmera de 2 megapixels e um catálogo telefônico.

O iPhone tem uma tela sensível a toque, dispensando teclas (tem apenas uma, que leva ao menu principal, caso o usuário se perca). Roda em Mac, tem suporte à vídeo de alta resolução e vários discos em sua memória, que aliás, é grande para um celular: 8GB no modelo de US$599 e 4GB no modelo de US$499, barato para o tipo de aparelho e para os padrões americanos.

Além de faz-tudo, o iPhone é muito pequeno. Foi anunciado que a grossura dele não passa de 11,5 milímetros, o monitor tem 3,5 polegadas e a foto acima está em tamanho real.

A Apple espera que o iPhone chegue nos mercados norte-americano ainda nesse semestre, na Europa até o fim do ano e na Ásia até 2008. A Apple Brasil não informou quando o aparelho chega ao Brasil e nem quanto ele deve custar. A meta da Apple é que o iPhone venda até 10 milhões de aparelhos em 2008 nos Estados Unidos, porém o teste de vendas e de aceitação do público deve ser feito no período de festas no final de ano.

Mal foi lançado o iPhone e a Apple já tem problemas com o nome. A Cisco, uma pequena fabricante de celular nos EUA, é proprietária do nome desde os anos 90, porém não usava. O iPhone da Cisco foi lançado recentemente, no meio dessa confusão em cima do celular-iPod e nem de longe parece o badalado celular: é um celular VoIP da Linskys, subsidiária da empresa em São Francisco (clique aqui para ver a foto). A Apple não desiste do nome, apesar da Cisco processar a Apple por uso indevido do nome. Segundo a Cisco, a Apple vinha negociando, porém não chegaram em nenhum acordo. Se a Apple não conseguir o nome “iPhone”, será que o produto se chamará “iTalk” ou “iPod Talk”?

Veja alguns vídeos de demonstração do iPhone:

Sátira de um programa americano ao iPhone:

Nesse vídeo, o iPhone é: câmera, MP3 player, controle remoto, abridor de garrafas, barbeador, secador, ratoeira, gloss, mostarda, spray de pimenta, ralador de queijo, ultrasom, esteira de ginástica, termometro, chuveiro, marcador de livro, granada, gaita, brincos (ou pircings) e vibrador e encerra dizendo: “iPhone – É tudo, menos telefone”.

TAG: 5 besteiras que me irritam muito

Está rolando na blogosfera (como é chamado o mundo dos blogs) uma brincadeira, chamada “TAG”, que são 5 coisas que irritam muito o autor do blog. Fui convidado pelo Rodrigo Rabelo, do Sopa de Temas.

01 – Pessoas desinformadas – Sabe aquela pessoa que não sabe de nada e bota banca de sabichão? Não sabe de nada e vem querer teimar! Volta e meia acontece isso lá na escola, o grupinho do “metido a”. Em qualquer assunto o grupo do “metido a” vem se meter, sempre desinformado! E o que é pior: eles teimam a saber! Me dá vontade de pular no pescoço de um deles.

02 – Scraps “ei, conhece meu vibe?” – Vibe, esse é o novo nome pra flog. E o que é pior, esse tal de vibe tem um sistema de spam, quer dizer, “newsletter”. Toda hora é: “conhece meu vibe?”, “visita meu vide”, “dá uma passadinha lá”. Quando não é o pior: “vC cuNhexXi meU vIbe?”, ou ainda mais, “sei que isso é chato, mas passa no meu vibe?”. Caramba, se sabe que é chato porque não deixa de fazer?

03 – Big Brother Brasil – Faço coro, Rodrigo. Essa besteira me irrita muito. Tudo quanto é fórum, blog, site, MSN e roda de amigo tem o tal assunto. Além do programa ser uma porcaria e não acrescentar em nada na minha vida e de ser uma put*ria, as pessoas se sentem no programa! Dá vontade de rir e de chorar: de rir por saber que tem gente que realmente se importa com Big Brother e de chorar por saber que tem pessoas que chegam a esse ponto.

04 – Igrejas exploradoras – Recentemente estamos vivendo o caso da Igreja Renascer em Cristo, em que seus donos foram presos por levarem dinheiro escondido. Até na bíblia eles levavam dinheiro. Eles exploram a fé dos outros, da necessidade alheia. A pessoa tá no fundo do poço e eles aproveitam disso pra ganhar dinheiro. Quem viu o Fantástico ontem viu que eles, ou melhor, “Deu$”, aceita cheque pré pra até 30 dias ou então cartão de débito. Abomino totalmente essa prática de venda de Deus, e não é só a Renascer não. É a Universal, Petencostal, Prebisteriana, Batista, Adventista, Assembléia de Deus e várias outras. Como diz o ditado: Pequenas Igrejas, Grandes Negócios!

05 – Polishop: Novas idéias facilitam sua vida – Também faço coro, Rodrigo. Quem tem TV a cabo com certeza já viu esse informecial. Imagina a cena: domingo de manhã, mais ou menos umas 8h, você lendo seu jornal, tomando café, liga a TV, quer ver um documentário ou série e pimba: “o fantástico George Foreman Gril Jumbo”. É na Fox, AXN, Universal Channel e em todos os canais de documentários. Em alguns canais são os mesmos, com delay de só 15 segundos.

Gostei muito da brincadeira e passo pra frente:

01: Letras Despidas – Adriano (Adrix)
02: Querido Leitor – Rosana Hermann
03: ——————-
04: ——————-
05: ——————-

Esses três espaços estão vagos, quem quiser participar da brincadeira é só comentar que eu convido!