PAC deve ajudar na inclusão digital

JOÃO SANDRINI
da Folha Online

Com a continuidade da queda de preços e a ampliação da isenção de tributos, os brasileiros devem comprar cerca de 11 milhões de computadores pessoais neste ano, segundo estimativas da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica).

Em 2006, a associação estima que o número de PCs comercializados ficou entre 8,3 milhões e 9 milhões, o que representa um crescimento superior a 40% sobre o ano anterior.

Entre 40% e 47% desses computadores devem ficar o chamado “mercado cinza” –de máquinas importadas irregularmente ou produzidas sem o pagamento de impostos.

Para o diretor da consultoria IT Data, Ivair Rodrigues, o grande mérito do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) será permitir a redução desse mercado cinza no segmento de computadores mais avançados, o novo nicho dos produtos piratas.

O governo anunciou ontem que elevaria o valor máximo dos computadores de mesa isentos de PIS e Cofins de R$ 2.500 para R$ 4.000. Esse novo valor também passa a valer para os notebooks.

Rodrigues afirmou que em 2004 –antes, portanto, de o governo começar a desonerar a produção de computadores– o mercado cinza tinha 74% das vendas. Nos nove primeiros meses de 2006, esse percentual caiu para 47%.

“Nesse período caiu bastante a diferença de preços entre o fabricante legal e o ilegal”, afirmou ele.

No segmento de computadores mais avançados, entretanto, o percentual do mercado cinza cresceu de 30% para 35% no mesmo período.

“É que essas máquinas ficaram de fora dos incentivos fiscais e importador ilegal passou a atuar nesse nicho”, disse.

Ele acredita que sem PIS e Cofins, que têm juntos alíquota de 9,25%, os computadores de até R$ 2.500 a R$ 4.000 ficarão entre 10% e 12% mais baratos, já que haverá também maior escala e concorrência no segmento.

Além da redução de impostos e da queda do dólar, Rodrigues disse que a redução dos preços dos sistema operacionais também ajudou a baratear os computadores nos últimos meses.

Com a entrada do Linux em escala no mercado, ele afirmou que a Microsoft se viu forçada a lançar um sistema operacional mais simples, o Windows Start Edition, que custa cerca de R$ 80 para o licenciamento pelo fabricante.

Um outro incentivo para a compra de computadores neste ano, segundo ele, será o pacote de dez horas de internet que as operadoras de telefonia fixa prometem lançar em junho ao preço de R$ 7,50 ao mês.

“O cara que pertence à classe C já paga a parcela do computador que muitas vezes foi dividida em 20 vezes. Para essa pessoa, é muito pesado ter que arcar também com uma mensalidade de banda larga”, afirmou o consultor.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s