Dantas, do Opportunity, compra Editora Três

O empresário Daniel Dantas, do banco Opportunity, comprou na tarde de hoje 51% da Editora Três, responsável pela publicação das revistas Isto É, Isto É Dinheiro, Dinheiro Rural e Isto É Gente. A Editora Três estava passando por uma fase conturbada de dívidas que deve terminar agora com essa compra.

Dantas e seu banco foram acusados de corrupção em 2005 e de manter contas em paraísos fiscais para Márcio Thomaz Bastos, Antônio Palocci, Luiz Gushiken, José Dirceu, Paulo Lacerda (diretor da Polícia Federal), Romeu Tuma (senador PFL/SP) e o presidente Lula, segundo o próprio Dantas. De acordo com jornalistas como Miriam Leitão e Mino Carta, Dantas estava envolvido em “11 entre 10 escândalos no Brasil”.

Haviam quatro compradores interessados na Editora Três: Daniel Dantas (Opportunity), Mácio Tanure (CBM), Grupo Camargo de Comunicações e a TV Record.

Dantas e Tanure são sócios na TV JB, emissora que deve estrear em março ou abril. Além do Opportunity, da Editora Três e da TV JB, Dantas também é dono da Brasil Telecom, Telemig e Amazônia Celular.

Pergunto: De onde saiu o dinheiro pra ele comprar tudo isso?

Analisando o novo SBT Brasil

Hoje, às 20:15 entrava no ar o novo SBT Brasil, parte da “arrancada da vitória” do SBT com a promessa de ser uma piada do começo ao fim e para o lamento daqueles que só gostam de torcer contra, não foi. Cyntia Benini parece ter amadurecido muito desde o “Jornal das Pernas” e mostrou firmeza, diferente de sua antecessora, que aparentava claramente o nervosismo enquanto esteve na bancada, apenas um erro foi cometido, um atropelo de palavra.

Os comentários de José Nêumanne Pinto sobre o caso da viajem de Fernando Beira-Mar que custou aos cofres públicos mais de 200 mil reais foi excelente. O grande jornalista mostrou a indignação que o povo sente ao usar a ironia. Carlos Chagas, ex-Manchete, falando dos gafanhotos do Lula atrás de ministérios no governo, virando um ministério pressionado.

Denise Campos de Toledo falando de economia também foi um esplendor, porém com os termos difíceis da economia que sismava em repeti-los como se todos entendessem de economia.  Joseval Peixoto, grande nome do rádio brasileiro, terminou o time de comentaristas falando do novo SBT Brasil e da liberdade de expressão que a Constituição Brasileira garante e citando exemplos de países que acontecem o oposto como a China e a Venezuela que cassaram as concessões de grandes redes de TV por ser oposicionista ao governo.

A participação do público que foi tratado na imprensa como piada e fim do bom-senso, bobagem, apenas começou uma era em que o público também forma opinião, que também está presente e se mostra inteligente, algo semelhante aos blogs. Se fosse na Globo seria inovador, mas como é no SBT significa desespero. É válido, porém o SBT precisa selecionar as opiniões que vão ao ar, para não acontecer caso semelhante ao programa “Opinião Pública” da SIC Notícias, em que um telespectador perguntava se podia bater uma “punheta” enquanto a jornalista falava.

Carlos Nascimento já pareceu mais feliz hoje, diferente o que informava a imprensa. Na tradicional conversa do final da edição, Carlos Nascimento já sorria junto com sua companheira de bancada, mostrando satisfação com o novo tele jornal.

Agora resta saber se o Ibope concorda ou discorda da minha opinião.

Começou a arrancada da vitória do SBT

Começou ontem, às 13hs a arrancada da vitória do SBT, com a volta do Silvio Santos aos domingos. Os programas apresentados foram “1º Campeonato Brasileiro de Dança”, “Rei Majestade”, “Topa ou Não Topa” e “Tentação”, respectivamente.

O melhor ficou no final, com a segunda temporada do Topa ou Não Topa e a volta do Tentação. O “Topa” continua igual, porém o cenário está mudando de cor dependendo do humor e da sorte do participante (verde pra sorte, vermelho pra tensão…). Já o Tentação está com um cenário mais moderno, com partes de acrílico e em tons brancos. Nos antigos moldes, continuam as piadas entre Silvio e Lombardi e a tradicional música portuguesa “Não Se Vou ou Se Fico”.

O 1º Campeonato Brasileiro de Dança no começo seguia o modelo de Ídolos, ou seja, audições e o “Sim” e “Não”. Essa fase só durou 5 minutos, enquanto em todo o resto continuou semelhante ao Bailando Por Um Sonho. O Rei Majestade, de pouquíssimo sucesso continuou de onde parou antes de ser cortado da programação, ou seja, está lá só por obrigação e assim que essa temporada acabar deve ser substituído por algum antigo sucesso de Silvio, como o Show do Milhão ou Topa Tudo Por Dinheiro.

No IBOPE, o resultado não foi muito animador.Enquanto Silvio concorria com Eliana, no Tudo É Possível, o resultado máximo era o empate. Na média, Eliana ficou com 8 pontos e Silvio com 7. Durante o Domingo Legal, que concorre com o Domingo Espetacular, a média foi de 10 pra cada um. No domingo as duas redes empataram, cada uma com 7 pontos e o “share” foi de 16% pra Record e 15% pro SBT, segundo a Folha de S. Paulo (números cedidos pela Sala de Imprensa da Record).

Hoje a arrancada da vitória continua, com o “novo” SBT Brasil, com Carlos Nascimento e Cyntia Benini. Segundo o que saiu na mídia, esse formato é inspirado em tele jornais americanos e deve contar com telefonemas dos telespectador, frases do dia e comentários de José Nêumanne Pinto, Carlos Chagas (política), Denise Campos de Toledo (economia) e Joseval Peixoto (geral).

Segundo o que dizem na Anhangüera, Carlos Nascimento passou a semana toda trancado em seu camarim, com cara de poucos amigos. A única declaração dada pelo jornalista foi afirmando estar satisfeito com a nova parceira de bancada e comparou-a com Sandra Annenberg, ex-colega de bancada, em seu começo de carreira.

O “novo” SBT Brasil baterá de frente com o Jornal Nacional, o que já vem acontecendo à três meses. De 20h15 às 21h.

A arrancada da vitória será concluída na última semana de março, com a estréia do horário nobre do SBT às 20h e consecutivamente com a nova programação

E o ano começa…

Pois é, felizmente (ou infelizmente, como queiram), o ano tem que começar. Eu preferi emendar o mês de fevereiro com a primeira semana de março. Uma matemática maluca, só sei que eu consegui esticar minhas férias. Você acompanhou aqui, durante minhas férias, textos de Adriano

O ano de 2007 não poderia ficar sem novidades. O Blog Internacional anuncia novidades, como o novo layout, mas moderno nesse tom azul-bebê que eu não consigo mudar nem por decreto. Uma nova editoria, a “Esportes”, especialmente criada para a cobertura do PanAmericano do Rio de Janeiro. A reforma de algumas editorias, como a “Brasil e Mundo” que agora terá as notícias do Brasil e do Mundo e a criação da “Internas”, que tem notícias relacionadas ao blog.

Começa agora o Blog Internacional 2007. Bem vindo e aguarde as novidades!