Fim-de-noite: O amor dos poetas

Pra encerrar o dia, um poema de minha autoria:

Já dizia os poetas,
O amor é a mais sublime das emoções
Todo poeta diz
Que o amor é o que toca o coração
Mas esse clichê básico do poema nosso de cada dia
É que faz o dia ficar mais tragável, alegre, cheio de folia

Todo poeta que se preze
começa um poema sobre amor com uma frase:
“Amar é…”
Vai ver essa é a definição de amar
Uma emoção que cabe em qualquer expressão

Seja qual for o tipo de amor
De amigo, irmão, primo ou namorado
O amor é um sentimento que não deve ser guardado
Botar pra fora, contar para todos
Essa é a graça do amor, que desinibe os tolos

Seja qual for a forma de amor
Ame e seja amado
Não há mal algum
Não ame com moderação
Não ame com limitação!

Luan Borges

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s