Análise: Destilando Amor, Espantando audiência

Destilar, segundo o dicionário online Priberam, significa soltar aos poucos, gota por gota. Na audiência, a novela Destilando Amor espantou os telespectadores de uma só vez e foi destilada aos poucos da programação do SBT. Primeiro teve seu horário reduzido: de uma hora, passou para 45 minutos, depois pra 30 e depois saiu de vez. Um dramalhão tipicamente mexicano que não agradou aos telespectadores, acostumados com histórias chocantes ou humorísticas. Os dramalhões da Televisa parece não ter mais vez nas telas brasileiras, e Silvio sentiu isso da pior forma. Na quinta feira, última exibição de Destilando Amor, a audiência foi de 1,5 pontos, só ganhando da RedeTV!. Um pouco mais de duas mil pessoas assistindo a novela em São Paulo.

Destilando Amor foi uma idéias dos mexicanos da Televisa no SBT, pelo visto agora Silvio não quer mais suas idéias. O contrato do SBT com a Televisa, que uma grande parte dos executivos do SBT não querem renovar, diz que a trama não pode ter sua exibição interrompida. Segunda-feira, a história de pior audiência do SBT (pior do que A Vida é um Jogo) deve voltar ao ar, com duração de meia hora. A tesoura é improvável, porque se não não haveria tempo de dublar e exibir, visto que a diferença de exibição SBT pra Televisa é de poucas semanas.

Tudo isso parece mudar o conceito da Televisa na cabeça de Silvio Santos. Silvio assinou com a Televisa porque o ex-vice presidente na época era amigo dele. Quando mudou o presidente, mudou o vice. Emílio Azcagárra Jean, o terceiro presidente da história da emissora ordenou fazer de tudo para comprar 30% do SBT. A tática foi minar a audiência e o primeiro golpe foi Destilando Amor. Os executivos do SBT perceberam essa estratégia e Silvio, que pode ser louco, mas não bobo, parece que vai dispensar essa ajuda. Com parceiros assim, era melhor ter chamado alguns bispos da Universal, o resultado seria menos dramático.

E voltamos ao antigo layout…

Depois de uma experiência num novo layout no estilo azul-Orkut (a.k.a azul-calcinha) por causa de uma propaganda enganosa de que as cores seriam personalizada. Essa propaganda não se concretizou, voltamos a esse layout parecido com o do portal G1.

Amanhã, feriado de São Jorge na cidade do Rio de Janeiro, não irei atualizar o blog.