Cidade do México aprova legalização do aborto

Depois de mais de sete horas de discussão, a Assembléia Legislativa da Cidade do México aprovou nesta terça-feira a legalização do aborto na capital mexicana.

A nova legislação vai permitir a interrupção da gravidez até a 12ª semana de gestação, mas vale apenas para a Cidade do México.

Até agora, a lei somente permitia abortos em caso de estupro, quando a vida da mãe corria risco ou quando havia sinais de graves malformações no feto.

O polêmico projeto de lei recebeu 46 votos favoráveis e 19 contrários.

Durante a votação, a polícia teve de aumentar a segurança em torno do prédio da assembléia, onde grupos de manifestantes pró e contra o aborto se reuniram.

Opositores do aborto já avisaram que irão contestar a lei na Justiça.

O projeto provocou muito debate e enfrentou grande pressão da Igreja Católica. A Arquidiocese da Cidade do México chegou a ameaçar excomungar os legisladores da capital que votassem a favor da legalização do aborto.

Na semana passada, a Igreja local divulgou uma carta do papa Bento 16 pedindo aos bispos mexicanos para lutar contra a legalização do aborto.

O Vaticano expressou sua preocupação com a mudança na lei.

O México é o segundo maior país católico do mundo, atrás apenas do Brasil. Cerca de 90% dos mexicanos são católicos.

Antes da votação, pesquisas de opinião mostravam que a sociedade mexicana estava dividida sobre o tema.

Entre os argumentos em defesa da lei, os autores do projeto afirmam que pelo menos 1,5 mil mulheres morreram no México na última década em conseqüência de abortos ilegais, feitos em clínicas clandestinas e sem condições mínimas de higiene.

Em um relatório divulgado no ano passado, a organização internacional Human Rights Watch afirmou também que muitas vítimas de estupro no México têm negado o direito de acesso ao aborto legal.

Esta não foi a primeira vez que a assembléia da Cidade do México, controlada pela esquerda, provocou polêmica. Recentemente, os parlamentares aprovaram a união civil de casais do mesmo sexo. Outro projeto em discussão prevê a legalização da eutanásia.

Fonte: BBC Brasil.

————————————-

Seria ótimo se o Brasil tivesse um congresso desse. Isso mostra que o México está mais avançado socialmente do que o Brasil.

Anúncios

3 comentários sobre “Cidade do México aprova legalização do aborto

  1. Credo, eu sou meio dividido na questão do aborto…
    Só sou a favor em alguns casos (como doenças, risco de morte pra mãe, estupro e etc) do resto, essas vadias que saem ae fazendo o que não deve com qualquer um e engravidando pra depois querer abortar? ¬¬

    Eu tava no medico outro dia e a nutricionista falou que tava rolando um abaixo assinado contra a legalização do aborto, parece que tão querendo legalizar aqui tbm….

    Deviam fazer um referendo igual o das armas =P

  2. Essa questão é tão polêmica aqui no Blog que eu já tenho medo de dar minha opinião e o povo me tacar pedra! XD

    Mas não tô nem aí, eu tenho minha opinião e vocês tem a de vocês. Isso aqui foi feito pra discutir mesmo.

    Bom, eu fiquei PASMA com essa notícia quando vi na TV. Como pode o México, um país mais ou tão religioso e moralista quanto o Brasil, apoiar a legalização do aborto? Eu encaro isso como um avanço! Se nem em Portugal, que é um país de primeiro mundo, não foi liberado… jamais acharia que o aborto fosse liberado no México. Meus parabéns aos mexicanos, sabem o que é certo! Nem tudo está perdido! \o/

    Gabriel, em algum arquivo passado, eu passei uma notícia justamente sobre isso, que a câmara estava planejando vários referendo, inclusive um sobre a legalização do aborto. Mas não acho que seria justo à essa altura do campeonato! Tá mais do que na cara que brasileiro é contra o aborto, pq não pensa nisso como uma questão de saúde pública, e sim como genocídio.

    Todo mundo sabe que eu sou a favor do aborto em qualquer caso, então, na minha visão, se houvesse um referendo sobre isso AGORA, perderíamos de lavada. Há de se fazer uma grande campanha de conscientização, pro povo não ficar pensando que vão matar tudo quanto é bebê por aí. Não é assim… é necessário informar as pessoas o que é, de fato, o aborto.

  3. A mulher possui o livre abitrio q lhe permitirá praticar ou não com quem ama o ato sexual.só não podendo ignorar a consequencia.a gravidez é consequencia de um ato livre.
    O aborto~´e a violaçao do direito basico a vida se analisarmos criteriosamente, o aborto é um crime da pior especie uma vez q é cometido contra um ser fragil q não tem nenhuma condição defesa.é a violação total daquilo prescrito na constituição brasileira “DIREITO A VIDA”
    NINGUEM TEM O DIREITO DE TIRAR A VIDA HUMANA INOCENTE

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s