CPI da Crise Aérea deve começar na semana que vem

SÃO PAULO (Reuters) – A próxima semana deve marcar o início do funcionamento da CPI que vai investigar a crise aérea na Câmara dos Deputados. A oposição já fez as indicações para a composição da comissão, enquanto os governistas deixaram para depois do feriado do Dia do Trabalho, comemorado na terça-feira.

Os partidos disputam a relatoria e a presidência da comissão em que a base aliada deve ter 16 membros e a oposição, oito. No Senado, há um acordo para que a CPI do mesmo tema tenha início apenas em meados de maio.

Nas comemorações do 1o de Maio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, comparece, como é tradicional, à missa na igreja matriz de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

Veja a seguir os principais fatos da semana.

TERÇA-FEIRA

— O presidente Lula participa de missa pela comemoração do Dia do Trabalho na igreja matriz de São Bernardo do Campo (SP), às 9h. A missa será rezada por Dom Nelson Westrupp, bispo de Santo André. Lula estará acompanhado do ministro da Previdência, Luiz Marinho.

— As duas maiores centrais sindicais do país comemoram o Dia do Trabalho com festas de cunho político e com shows. A Central Única dos Trabalhadores (CUT), que representa 22 milhões de trabalhadores, marcou a comemoração para a esquina das avenidas São João e Ipiranga, na região central de São Paulo. A festa da Força Sindical será na praça Campo de Bagatelle, na zona norte. O lema da Força será o meio ambiente, com distribuição de 20 mil mudas de plantas nativas. Haverá também sorteio de carros.

QUINTA-FEIRA

— A CPI da Crise Aérea deve começar a funcionar, após a indicação dos membros pelos deputados governistas.

— O presidente Lula viaja para Uberaba, em Minas Gerais, onde participa da abertura da Expo Zebu, Feira Internacional de Gado Zebu. Em Uberlândia, comparece a cerimônia de inauguração do complexo energético Amador Aguiar.

— Servidores do Ibama em Brasília fazem protesto contra divisão do órgão

SEXTA-FEIRA

— Posse de Roberto Mangabeira Unger na nova Secretaria de Ações de Longo Prazo

NA SEMANA

— A Câmara deve debater o polêmico projeto de reajuste de salários dos deputados. A proposta é reajustar os vencimentos atuais, de 12,8 mil reais, para 16,2 mil reais.

— Ministros devem fazer um balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), apresentado pelo governo em 22 de janeiro. A expectativa é que tratem do andamento das obras, algumas já em curso antes do anúncio do plano. As nove medidas provisórias que fazem parte do programa já foram aprovadas pela Câmara dos Deputados, a última delas nesta semana. Participam Dilma Rousseff (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda), Paulo Bernardo (Planejamento) e outros ministros diretamente ligados aos programas.

———————————-

Agora sim saberemos porque o governo ficou morrendo de medo da instalação dessa CPI.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s