Depois de RCTV, Chávez ataca CNN e Globovisión

Um dia depois de fechar o maior canal oposicionista, o governo de Hugo Chávez já tem novos alvos: a segunda maior rede oposicionista, a Globovisión e a rede internacional CNN. A acusação dessa vez é de terem incitado a violência contra o presidente Hugo Chávez. O ministro das Comunicações, William Lara, encaminhou para o Ministério Público venezuelano um pedido de investigação.

O ministro disse que a Globovisión incitou a violência quando exibiu imagens do atentado contra o Papa João Paulo II com a música “Esto Tiene que Acabar”. “A conclusão dos especialistas que nos assessoraram é que ali se incita o assassinato do presidente Hugo Chávez”, disse Lara, em entrevista coletiva. Já a CNN incentivou a violência quando qualificou o presidente e seus companheiros de governo como terroristas.

A Globovisión tomou para si a responsabilidade de substituir a RCTV na difusão da oposição ao governo Chávista. “Agora o compromisso é maior”, anunciava a emissora, que não tem alcance nacional.

É, pelo visto em breve na Venezuela terá apenas dois canais: Telesul e o Teves, ambos de Chávez. Como disse o Ministro das Comunicações do Brasil, Hélio Costa, o único Chaves que é bom é do SBT, porque aquele é engraçado.

Polônia investiga sexualidade de Teletubbie

Um exemplo perfeito da falta do que fazer. O governo polonês, extremamente conservador, fez mais uma de suas medidas contra o que diz ser a propaganda da homossexualidade na TV, desta vez atacando Tinky Winky e outros Teletubbies. O personagem é conhecido por carregar uma bolsa feminina.

Ewa Sowinska, escolhida pelo governo para defender os direitos da criança, disse, nessa segunda, para uma revista polonesa que estava preocupada que o programa infantil da BBC pudesse influenciar na orientação sexual das crianças de seu país. Sowinska disse também que iria pedir auxílio a psicólogos para ver se isso acontece.

A tal da bolsa

Ainda nessa publicação, a defensora dos direitos da criança afirma que “Percebi que ele (Tinky Winky) tinha uma bolsa, mas não percebi que se tratava de um menino”. “Primeiro acreditei que a bolsa poderia ser um fardo para esse Teletubbie. Mais tarde, descobri que o personagem poderia ter alguma conotação sexual”, disse Ewa.

A perseguição aos gays

O governo polonês nos últimos meses tem sido alvo de constantes críticas na União Européia por ter adotado medidas discriminatórias aos homossexuais e em choque com grupos que defendem os direitos humanos.

O ministro da Educação da Polônia, Roman Giertych, propôs leis que demitissem professores que “levassem uma vida homossexual” e que proibiam a “agitação sexual” nas escolas.