Depoimento: Orgulho de ser o que é

da Folha Online

por Luiz Caversan

“Minha mãe não sabe, se soubesse ia chorar muito. Meu pai? Me mataria muito! Quer dizer, me mataria, porque matar é matar, muito ou pouco, não importa. Meu irmão desconfia, porque já tentou duas vezes dar em cima de amigas minhas e se deu mal, elas não estavam nem aí com ele. Já comigo…

Fui sempre assim, e tem gente que ainda fala que é uma “opção”. Opção a gente opta, e eu nunca optei por gostar de mulher. Apenas gosto. E não gosto só de sacanagem, não, é gostar do carinho, do afeto, entende?, da alegria que elas têm e que eu tenho, da vontade de ficar juntas, da amizade e da solidariedade, do bom caráter, porque mau caráter pode ser gay, lésbica ou macho pacas que eu quero distância…

Meu pai e minha mãe, que são “normais”, estão juntos há 40 anos e são absolutamente infelizes, de que adianta essa normalidade e esse estar certo hipócrita?

Se é assim, eu estou errada mesmo e pronto, dane-se.

Agora é mais fácil, as coisas evoluíram e embora ainda tenha muita gente ignorante que faz questão de não entender, de achar que é pura promiscuidade e malandragem, muitas outras pessoas entendem ou pelo menos nos aceitam. A mim têm que aceitar mesmo, porque eu sou independente, bem sucedida profissionalmente e, modéstia à parte, muito bonita –você não acha?

Não sou masculinizada, ao contrário me considero bem feminina, mas tenho amigas tipo “caminhoneira” que no fundo são uns doces, assim como há muito homem bruto pra fora e extremamente sensível por dentro. Mas essas amigas tipo “mulher macho” também não são assim porque querem, são porque são, oras. Exageros? Claro que tem exagero. Quanto tempo essas moças foram reprimidas, hostilizadas, segregadas? No fundo tentam compensar anos e anos de preconceito. Mas o que você tem a dizer sobre esses caras tipo pitboys, bombados e tatuados? E as peruas botocadas e vestidas com grife dos pés à cabeça e que dão em cima de garotões nos bares da vida? Não são exageradas também?

Meu caro, a vida é curta, curta a vida, viva e deixe viver, como se dizia na Bahia anos atrás. Vai amanhã lá na Parada Gay pra ver que lindo. Serão milhares de pessoas exibindo sua alegria de viver –e otras cositas más, mas e daí, os heteros não exibem quase tudo no Carnaval e na praia e ninguém não está nem aí?

Ficar chocado não vai ajudar a entender.

Aliás, não há muito o que entender, porque o processo de entendimento está em pleno processo, sacou?

E o mais importante agora é a consciência de a gente ser o que é e, ao invés de vergonha, ter orgulho de ser. Tenho orgulho de ser uma homossexual feminina e acho sinceramente que se os homens heteros tivessem orgulho de serem assim e as mulheres também, esse mundo seria muito, muito melhor.”

(Depoimento de uma amiga linda e absolutamente resolvida, que veio a São Paulo para, com muito orgulho, participar da Parada Gay)

————————————-

Ah, se todos fossem menos hipócritas e seguissem o exemplo de nossa “amiga linda e absolutamente resolvida”… bom saber que o mundo está, aos poucos, mais colorido!

Viva a diversidade sexual!

Anúncios

3 comentários sobre “Depoimento: Orgulho de ser o que é

  1. “Aliás, não há muito o que entender, porque o processo de entendimento está em pleno processo, sacou?”

    Isso eh verdade, o problema eh que as pessoas entendem errado de si mesmas, escolhem o que nao eh certo, julgam achando que podem.. Sua mae eh infeliz entao ela era uma pessoa hipocrita dizendo-se feliz..? Acho que nesse caso o mundo todo deve ser hipocrita.

    Vc nasceu sendo um humano e a primeira coisa que vc tem de entender eh o que vc eh. Deve ser triste mesmo continuar a viver e nao entender a coisa mais basica e primaria q um ser humano aprende na vida: a olhar-se e identificar-se como homem ou mulher.

    Por isso acredito que a pessoa disse acima..ainda o processo de entendimento, que dificilmente serah assimilado.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s