E chega ao fim a Tecsat

No último dia 26 de junho, às 00h40, a operadora de TV por Assinatura brasileira Tecsat deixou seus assinantes sem seu sinal. O motivo foi dado por um dos canais que eram transmitidos pela operadora, o NSC, que também contratava serviço de uplink de seu sinal. Uplink é quando uma operadora carrega o sinal de um canal para distribuí-lo para outras operadoras via cabo.

Segundo a Assessoria de Imprensa do NSC, a Tecsat não haveria pagado aluguel de uso de seu satélite, o Intelsat. A Tecsat não se pronúncia sobre o assunto e apenas limita-se a dizer o assinante que “são problemas técnicos” e que “retornará em breve”.

A Tecsat foi fundada em 1998 na cidade São José dos Campos, interior de São Paulo. No começo de sua operação, seus principais atrativos eram os canais distribuídos pela HBO, que incluem os canais de série Warner e Sony, o canal de documentário “Mundo” (hoje A&E), o canal sobre celebridades “E!” e os canais de filmes premiums HBO, HBO2 e Cinemax, que eram comercializados a preços baixos. Em meados de 1999, os canais distribuídos pela HBO foram retirados da operadora sem nenhum aviso prévio. O motivo alegado pela HBO era que o sistema da Tecsat não possibilitava o controle do número de assinantes e pediu uma vistoria. A Tecsat informou que tinha começado essa vistoria, porém a HBO não teria esperado e cancelado o contrato. Alguns meses após, foi anunciado um contrato de exclusividade entre a HBO com a Directv, principal concorrente da Tecsat, numa estratégia para tirar de vez a operadora brasileira do mercado.

Desde então, vários canais foram retirados sem nenhum aviso, além da diminuição da qualidade do serviço e de atendimento.

É, a tupiniquim até deu certo no começo, mas os yanquees assassinaram-na lentamente, desde 1999, com a sua morte definitiva em 2007. Um processo lento de morte que demorou 8 anos para terminar. Será que os yanquees da Sky/Directv farão o mesmo com os muchachos da Telefônica?

Anúncios

157 comentários sobre “E chega ao fim a Tecsat

  1. Como assinante da TEC SAT há muitos anos, estranhei a interrupção abrupta do sinal desse serviço via satélite, em 26/06/2007, sem qualquer aviso, num total desrespeito ao consumidor, que, aliás, já está se tornando corriqueiro, infelizmente, em todos os setores da nossa vida.

    Já são passados seis anos e seis dias e nada de satisfação ao consumidor, como se tivessem esquecido o meu endereço. Mas quando se tratava de cobranças, o meu endereço sempre era lembrado, infalivelmente, como infalivelmente os boletos eram regiamente pagos. Ah se ocorresse qualquer atraso!! no dia seguinte, estaria chegando um aviso de corte de sinal.

    Por muitas vezes entrei em contato com a indigitada empresa, sempre obtendo a informação de que estavam negociando com a ANATEL; certamente por inadimplência (Falta de pagamento por má administração do dinheiro dos usuários), o que é lamentável, pois o caso já é prática comum de irresponsáveis e incompetentes empresários que se aproveitam da impotência (falta de poder de reação) das pessoas, para lograrem golpe na praça.

    Será que há algum órgão do poder judiciário que possa proporcionar o atendimento a casos como esse, dando, além da devida satisfação aos interessados, um ultimato a tais “empresários”, no sentido de que os prejudicados sejam ressarcidos dos seus prejuízos financeiros. É bom que se diga que, para a instalação da referida TECSAT, cada usuário empregou uma alta importância, para adquirir o aparelho receptor TVA.
    Será que os responsáveis não têm a obrigação de devolverem os valores de tais equipamentos, das despesas complementares, assim como responderem por danos morais, etc.?.

    Gostaria que, se algum responsável (Promotores, Juízes, Desembargadores, Polícia Federal ou quem de direito) pudesse ajudar os incautos consumidores do produto supracitado, dando assim uma satisfação aos consumidores que até hoje (há seis anos e seis dias) estão à espera que possa haver ordem, para que possa haver progresso (ORDEM E PROGRESSO); não nos acomodando em somente fazer com que essa menção faça, simplesmente, nos lembrar dos ditames na nossa Bandeira.

    Aguardo o pronunciamento de alguém que possa se interessar por mais esse golpe financeiro.

    Radialista LEVY TEDESCHI (ABR – E-144)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s