Prédio da TAM Express é implodido em São Paulo

Na tarde deste domingo (05/08) o cenário o pior acidente aéreo da história da aviação brasileira, o prédio da TAM Express, foi implodido em apenas três segundos. Moradores de quatro quarteirões próximos ao edifício tiveram que sair de suas casas. Moradores do local dizem estar aliviados com a implosão, já que o edifício ameaçava desmoronar. As ruas e avenidas próximas ao local foram interditadas e o Aeroporto de Congonhas foi fechado por 30 minuto. Foram usados 75 kg de explosivos

O terreno do edifício foi doado à Prefeitura de São Paulo e no local será construída uma praça e um memorial em homenagem as 199 vítimas do vôo JJ 3054 da TAM.

No dia 17 de julho o prédio foi atingido por um Airbus A320 da TAM que fazia o trajeto Porto Alegre – São Paulo e não conseguiu frear na pista do aeroporto de Congonhas, que estava escorregadia. A bordo do avião estavam 187 pessoas e outras 12 que estavam no prédio da TAM Express e nos arredores do prédio morreram.

Anúncios

Um comentário sobre “Prédio da TAM Express é implodido em São Paulo

  1. O aeroporto de congonhas deveria ter sido desativado desde a tragédia do vôo m402 da TAM , que caiu logo após decolar . É muito inseguro , não tem aréa de escape , o piloto não pode errar . Se errar , é mais uma tragédia. A Rede Record agiu certo e deu um belo exemplo ao deixar de comprar passagens em Congonhas . Se todos fizermos isso , alguma coisa o governo vai acabar fazendo .

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s