Análise: Estréia da Record News

Ontem, às 20h, entrou no ar através da antiga Rede Mulher o canal Record News, intitulado o primeiro canal de notícias da TV aberta. A estréia contou com a presença do presidente Lula, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o presidente da Câmara de Deputados, Arlindo Chinaglia e o proprietário da Rede Record e líder da Igreja Universal, Bispo Edir Macedo. No Ibope, a estréia da Record News marcou 2,4 pontos, um bom resultado, já que no mesmo horário a antiga Rede Mulher marcava 0,2 pontos. Cada ponto representa 55 mil domicílios da Grande São Paulo. O ponto alto da estréia foi uma entrevista gravada com o presidente do Senado, Renan Calheiros. Apesar disso, a Record News não noticiou a queda de um prédio em que funcionava uma igreja e uma casa em Marechal Hermes, no subúrbio do Rio, a notícia da noite.

O projeto do canal foi anunciado em 2005. Diretores da Record visitaram os estúdios da BBC em Londres e da CNN em Atlanta. Muito alarde foi feito na semana anterior a estréia. Nos jornais locais da Record Rio, foi amplamente divulgado que no Rio o canal poderia ser sintonizado no canal 52 em UHF, o que não se concretizou. Até o momento deste post, a Record News ainda não entrou no ar na cidade, já que desde o ano passado, o canal 52 está fora do ar. Segundo participantes da comunidade “Record News” no Orkut, em outras regiões do país também não tem sinal da emissora. É o caso das regiões de Sergipe, Campinas, Paraná, Criciúma, entre outras.

A Record News promete ser um ótimo e inovador canal de notícias, se, ao menos, cumprir o que prometeu: estrear!

Anúncios

5 comentários sobre “Análise: Estréia da Record News

  1. a/c laura ferreira oi fofa me permite lhe dar uma sujestão de moda? bom desculpe-me pelo atrevimento tá? mais essas batas ou batinhas que vcs mulheres incistem em usar pra esconder a barriga é ridícula e só deixa maior ainda a sua ligeira proeminência abdominal, exceto se vc estiver realmente gravida evite fofa, fica a impressão de que vc esta escondendo algo bem proeminente tipo barrigão, aí em sampa para pessoas que “não tem tempo”, e usa esse artifício como desculpa pra não malhar, tem inumeros recursos fisioterapeuticos tais como o ultra som, drenagem linfática etc… e acima de tudo fechar a boca, vc é linda , feminina e arranca suspiros de muitos homens e sempre vai arrancar e isso não é cantada não tá?mais ame-se que outras mulheres não te querem tão bem assim como vc imagina, ou seja , bem vestida, abra seu guarda roupa aí da record e queime essas batas que elas te enriquecem, de ridiculo! beijo amiga! edhynho

  2. a/c laura ferreira oi fofa me permite lhe dar uma sujestão de moda? bom desculpe-me pelo atrevimento tá? mais essas batas ou batinhas que vcs mulheres incistem em usar pra esconder a barriga é ridícula e só deixa maior ainda a sua ligeira proeminência abdominal, exceto se vc estiver realmente gravida evite fofa, fica a impressão de que vc esta escondendo algo bem proeminente tipo barrigão, aí em sampa para pessoas que “não tem tempo”, e usa esse artifício como desculpa pra não malhar, tem inumeros recursos fisioterapeuticos tais como o ultra som, drenagem linfática etc… e acima de tudo fechar a boca, vc é linda , feminina e arranca suspiros de muitos homens e sempre vai arrancar e isso não é cantada não tá?mais ame-se que outras mulheres não te querem tão bem assim como vc imagina, ou seja , bem vestida, abra seu guarda roupa aí da record e queime essas batas que elas te enriquecem, de ridiculo! beijo amiga! edhynho! Sei que se conselho fosse bom sria vendido , mais sei lá cada um na sua tb né? Se vc gosta fazer o quê?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s