Hoje começa o Horário de Verão

Hoje, a Meia-Noite, começa o Horário de Verão. Os relógios dos estados acima deverão ser adiantados em uma hora. O Ministério de Minas e Energia prevê economia de 4% a 5% nos horários de pico.

Desta vez, o horário de verão durará 126 dias, até o dia 16 de fevereiro de 2008, 14 dias a mais do que o ano passado

O maior problema é a adaptação do “relógio biológico” das pessoas ao novo horário. A professora titular de nutrição da USP e presidente da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais (SBAF), Jocilem Salgado, dá algumas dicas para ajudar na adaptação ao horário de verão:

1) Colocar o despertador para tocar um pouco antes da hora, porque o ruído e o próprio processo de despertar aumentam a quantidade de cortisol, um hormônio cuja produção cresce em situações de estresse. Quando chegar a hora de deixar a cama, o organismo terá mais energia e será mais fácil aceitar a determinação de que é preciso levantar.

2) Evitar bebidas alcoólicas e comidas pesadas, pois podem prejudicar o sono. Pular refeições causa queda no nível de açúcar o que pode resultar em cansaço.

3) Um banho quente antes de ir para cama pode ser uma alternativa se o sono demorar para chegar.

Afastamento de Renan e a história da CPMF

Na última quinta-feira, o senador Renan Calheiros (PMDB/AL) se afastou por 45 dias da presidência do Senado. Coincidência, ou não, a oposição só votaria a prorrogação da CPMF (Contribuição “Provisória” sobre Movimentação Financeira) se Renan não estivesse mais na presidência da casa. Seria mais uma manobra política do governo para não perder o imposto que mais arrecada dinheiro? A oposição já disse que só vota a CPMF se Renan renunciar ao cargo. Afastamento não conta.

O Governo diz que se a CPMF não for aprovada até Dezembro, o prejuízo para os “Cofres Públicos” será de até R$19 bilhões em 2008.

A CPMF é um imposto que, na teoria, em sua grande parte é destinado à saúde. Na prática, os hospitais
do SUS estão abandonados. No Rio de Janeiro, por exemplo, os maiores hospitais estão sem remédios e equipamentos quebrados. Em Recife, a greve dos médicos agrava mais a situação da saúde.

O presidente Lula, que antes de assumir o governo era contra a CPMF, atualmente faz de tudo para que a CPMF seja aprovada. E, talvez por isso, tenha “aconselhado” Renan a afastar-se da presidência do Senado.

Renan se afastou depois da denúncia de que ele teria mandado espionar senadores oposicionistas. Com o afastamento de Renan, quem preside o Senado é o governista Tião Vianna (PT/AC).