Reféns libertadas pelas Farc chegam à Venezuela

As aeronaves que transportaram as duas reféns libertadas pelas Forças Armadas Revolucionárias (Farc) da Colômbia, Clara Rojas e Consuelo González, chegaram na tarde desta quinta-feira (10) à base militar de Santo Domingo, no estado venezuelano de Táchira.

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, e a chefe do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Barbara Hintermann, anunciaram mais cedo a libertação das duas , na selva colombiana.

Antes de saírem do local onde foram libertadas com os helicópteros, as reféns e a Cruz Vermelha tiveram que esperar em terra para permitir que os rebeldes voltassem para a mata.

Chávez disse que, após a chegada “diretamente a terras venezuelanas”, as duas irão a Caracas para se reunir com os familiares.

O presidente venezuelano contou que conversou com ambas por telefone. “Estão em plena liberdade. Disse para as duas: ‘Bem-vindas à vida”, afirmou ele.

Clara Rojas estava seqüestrada desde fevereiro de 2002, enquanto que Consuelo González, desde setembro de 2001.

Segundo informações das agências internacionais, as duas fazem parte de um grupo de cerca de 40 reféns que serão libertados em troca de 500 guerrilheiros presos pelo governo colombiano.

O resgate

No início do dia, a Venezuela enviou dois helicópteros para a Colômbia seguidos por integrantes do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

Nos helicópteros estavam o ministro do Interior da Venezuela, Ramón Rodríguez Chacín, e a senadora colombiana Piedad Córdoba, que trabalhou na mediação com as Farc juntamente com Chávez.

Nem Chávez, nem a Colômbia e nem a Cruz Vermelha, conforme o combinado, divulgaram detalhes sobre o local exato onde ocorreu o resgate. O que era sabido é que o governo colombiano se prontificou até as 21h (de Brasília) desta quinta a tirar o Exército do país da região.

Por meio de “uma mensagem direto do ponto” da selva colombiana onde foram entregues as reféns, o ministro venezuelano do Interior, Ramón Rodríguez Chacín, relatou ao presidente, “visivelmente emocionado”, que estava recebendo as duas seqüestradas.

As reféns

Clara Rojas era candidata a vice-presidente e foi seqüestrada, em 23 de fevereiro de 2002, com sua companheira de chapa, a ex-candidata à Presidência colombiana Ingrid Betancourt, que também tem nacionalidade francesa. Ingrid continua nas mãos das Farc. Clara teve um filho com um dos guerrilheiros, Emmanuel, que está sob poder do governo colombiano (clique aqui para ler mais mais sobre Clara Rojas).

A ex-deputada Consuelo González foi seqüestrada em 10 setembro de 2001 (clique aqui para saber mais sobre Consuelo).

“Temos a feliz notícia de que Clara Rojas e Consuelo González estão conosco, estamos muito felizes”, indicou Hintermann.

Estados Unidos

O governo dos Estados Unidos aplaudiu a libertação de duas mulheres seqüestradas pelas Farc, e reiterou seu pedido ao grupo guerrilheiro para que também liberte os três americanos em seu poder.

“Damos as boas-vindas à libertação das reféns, e continuamos pedindo para que as Farc libertem todos os reféns em seu poder, incluindo os três americanos”, disse à Agência Efe uma porta-voz do Departamento de Estado, que pediu anonimato.

A fonte acrescentou que a política do governo de Washington em relação às Farc “não mudou”, e que o grupo continua figurando na lista de grupos que, segundo os Estados Unidos, estão envolvidos com o terrorismo.

Anúncios

Um comentário sobre “Reféns libertadas pelas Farc chegam à Venezuela

  1. VAI TOMAR NA CUZONA DE FARC VAGABUNDA!!!!!
    BOLIVIARADOS DOS INFERNOS QUE HUGO CHAVEZ E EVO MORALES SÃO PAPELÕES DE COMANDOS VERMELHOS,MAS TUAS BUNDAS DE HUGO CHAVEZ E EVO MORALES.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s