POLÍTICA: E o cantor deixou de ser ministro

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, anunciou sua saída do governo nesta quarta-feira (30) em reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula aceitou o pedido de demissão. Ele deve nomear o secretário-executivo da pasta, Juca Ferreira, para suceder Gil, que deixou o ministério para se dedicar à carreira musical (confira aqui especial em áudio com músicas do compositor).

Mais cedo, antes de um almoço oficial com o presidente da Costa Rica, Oscar Sánchez, no Palácio do Itamaraty, Lula disse que “Gil teve uma recaída” ao voltar de uma turnê promovendo o novo disco. Segundo Lula, o “Brasil não pode prescindir do Gil só na política”, comentou. “Ele vai priorizar o que é importante [para ele].”

Essa não é a primeira vez que Gil pede para deixar a pasta para se dedicar apenas a sua carreira artística -a última delas em novembro de 2007, quando afirmou que deixaria o ministério este ano. Nas vezes anteriores, porém, o presidente convenceu Gil a ficar no cargo.

Gilberto Gil começou sua carreira política em 1989, quando se elegeu vereador em Salvador, pelo PMDB. Gil é um dos poucos remanescentes do primeiro ministério nomeado por Lula em 2003.

TELEVISÃO: Prova de Amor estará de volta

Uma das novelas de maior sucesso da Rede Record de Televisão estará de volta em agosto. “Prova de Amor”, de Tiago Santiago, será reprisada pela emissora às 17h30 da tarde. Essa foi a primeira novela a ameaçar a Globo, que na época exibia a fracassada novela “Bang-Bang”, de Mário Prata.

A Record já tenta emplacar um horário de reprises há muito tempo. A primeira tentativa foi com a novela “Louca Paixão”, exibida por volta das 15h, seguida pela terceira reprise de “A Escrava Isaura”. A segunda e fracassada tentativa foi às 17h, com a novela “Essas Mulheres”, que foi retirada do ar do ar sem aviso na segunda semana de exibição. Na época, “Essas Mulheres” concorria com a quarta reprise da novela mexicana “A Usurpadora”.

TELEVISÃO: E a guerra começou

A guerra está armada: Silvio Santos começou a contratar profissionais dos bastidores da Record. Diretores, produtores, editores e profissionais de externas estão sendo contratados pessoalmente pelo Silvio Santos para o novo programa da Claudete Troiano, que deve estrear em agosto. O motivo? Silvio Santos se irritou após uma declaração do Bispo Honorildo Gonçalves, diretor artístico da Rede Record.

Nas últimas horas, Silvio Santos contratou o produtor de externas, Raul Garin. Garin ganhará R$ 14 mil por mês. A tática de Silvio Santos é contratar os profissionais com um salário bem acima do mercado, para a Record não ter como cobrir a oferta. Isso tem irritado os atuais funcionários do SBT, que têm salários bem mais baixos do pessoal que está sendo contratado agora.

A direção da Record prometeu uma reação ao “bombardeio” do SBT: a equipe do Domingo Legal, o programa de maior audiência atualmente na emissora. Pessoas da produção do programa, alguns com vários anos de casa, foram procurados nas últimas horas pelo pessoal da Record.

Silvio Santos tem se animado com os índices do SBT desde que Pantanal conquistou a vice-liderança folgada nos últimos dias.

TELEVISÃO: Pantanal, a alegria do SBT e da Globo

A novela “Pantanal” continua sendo vice-líder contra a novela “Chamas da Vida”, da Rede Record. Segundo a Folha de São Paulo, a novela escrita por Benedito Ruy Barbosa em 1990 marcou 15 pontos de média no capítulo de ontem (29/07). No mesmo horário, a Rede Globo liderou com 33 de média e a Record marcou 10 pontos. No horário de confronto direto com a novela da Record, Pantanal marcou 14 a 12. Contra o “Repórter Record”, Pantanal marcou 16 a 7. Segundo uma fonte realmente segura, Pantanal chegou a marcar 17,4 contra 6,3 da Record.

Pantanal tem sido motivo de alegria não só SBT, mas também na Rede Globo. Desde que Pantanal estreou, o SBT vem encostando na Record na média-dia. Nas manhãs, empatando na liderança. Nas tardes, na vice-liderança folgada, e nas noites, encostando constantemente na Record, fazendo o SBT empatar constantemente na vice-liderança com a Record na média-dia.

Ontem, por exemplo, os desenhos do SBT venceram o “Balanço Geral” da Record de 9 a 7. Já o “Cinema em Casa” marcou o dobro do “Programa da Tarde”: 8 a 4.

Segundo a coluna “Ooops!”, diretores da Globo e do SBT vem conversando amistosamente e abertamente. A conversa chegou a tal ponto que um diretor do SBT ligou para um colega da Globo e brincou: “A Globo não quer emprestar ‘Roque Santeiro’ pra gente substituir ‘Pantanal’?”. Um outro funcionário do SBT sugeriu à direção da emissora uma nova vinheta: uma montagem do Chaves comendo um Pica-Pau assado.

Os domingos, onde a Record comemorou um crescimento de mais de 100%, tem sido onde mais o SBT tem crescido: neste mês, o “Domingo Legal” fechou na vice-liderança: 22 x 20. A Globo ficou na liderança, com 24 pontos, segundo a coluna “Ooops!”.

Esse crescimento de audiência tem animado Silvio Santos: em agosto estreiam novos programas no SBT. “10 anos mais jovem”, “Programa do Ratinho” e, se ele não mudar de idéia, “Revelação”. Aliás, o “Programa do Ratinho” é uma das apostas do SBT para o sábado, onde o Ratinho voltará com toda a liberdade e no mesmo formato que o consagrou como um grande apresentador popular.

TELEVISÃO: E lá volta a Televisa pra CNT

Está confirmado: a CNT exibirá no Brasil as novelas da Televisa. “Fonte de Amor”, já exibida pelo SBT como “Manancial” e “Sonhos e Caramelos”, novela infantil inédita, com a participação de Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, da série “Chaves”.

Enquanto a CNT exibirá as tramas originais, a Record fará remakes das tramas, para consolidar o terceiro horário de novelas. As primeiras histórias que serão adaptadas são “A Outra” e “Rubí”. Inclusive, a Televisa não autorizou o SBT a reexibir a novela “A Outra” porque a Record fará o remake.

Na década de 90, a Televisa assinou um contrato com a CNT, porque o SBT não se interessava mais pelas novelas mexicanas. Foi quando a CNT começou uma forte ascenção na audiência, com a reprise de novelas já exibidas com sucesso pelo SBT, como “Simplesmente Maria” e “Meus 15 Anos”, além de novelas inéditas, como “Canavial de Paixões”, que em 2001 recebeu uma versão nacional pelo SBT.

“Sonhos e Caramelos” foi responsável pelo cancelamento do horário de novelas infantis da Televisa, tamanho o fracasso no México da novela. Já “Fonte de Amor”, ou “Manancial”, teve um relativo sucesso em sua terra natal, e aqui no Brasil também, exibida às 18h00 no SBT. Em agosto, a CNT irá exibí-la às 19h00.

Lei que restringe o uso da internet foi aprovado no Senado

A lei do senador Eduardo Azeredo (PSDB/MG) foi aprovada no Senado na última quarta, dia 16. O texto cria 13 novos crimes e endurece as penas para os crimes já existentes. O projeto voltará para a Câmara por ter sofrido modificações no Senado. O projeto torna crime o download de músicas e vídeos no Youtube. É que o projeto transforma em crime amarzenar informações de um site sem a autorização da pessoa que publicou essas informações. Isso pode tornar crime atos comuns, como simplesmente visitar um site, pois do navegador cria uma cópia do site na memória viva (RAM) do computador.

Nesse projeto de lei também diz que os provedores devem se tornar “dedos-duro” dos internautas. Um relatório dos sites visitados por um usuário deverá ser criado e armazenado pelos provedores para futuras investigações policiais.

Participe dessa mobilização contra a lei do senador Eduardo Azeredo, porque existem coisas mais importantes do que proibir alguém de baixar músicas, ou copiar uma notícia. Assine já a petição contra a lei do Azeredo. Para que a internet brasileira não vire uma internet chinesa!