Eleições 2008: Zito é eleito prefeito de Duque de Caxias

A campanha “Volta Zito” deu certo em Duque de Caxias. O ex-prefeito, que saiu em 2004 por já estar no segundo mandado, voltou à prefeitura da cidade logo no primeiro turno: 53,34% contra 44,59% do atual prefeito Washington Reis, do PMDB. Leninha, do PSOL, ficou em terceiro lugar, com 2,06%.

A campanha em Duque de Caxias foi acirrada. Do lado de Washington, o apoio do presidente Lula e do governador Sérgio Cabral. Do outro, anos de experiência na prefeitura da cidade. A campanha indicava tudo para um segundo turno entre Zito e Reis, o que na verdade não passaria de um “vale a pena ver denovo” do primeiro turno, já que Leninha não tinha nenhuma chance de chegar perto dos dois candidatos.

Zito já começou a campanha confiante na vitória no primeiro turno, embora nas últimas pesquisas Reis tenha se aproximado bastante. Zito voltou a disparar quando, em sua campanha, contestou as ajudas do Governo Federal e o Governo do Estado, perguntando onde foi parar a receita de 1 bilhão da prefeitura.

Eleições 2008: Gabeira surpreende e disputa 2º turno

Novamente as pesquisas de intenção de votos se mostraram equivocadas. Segundo a última pesquisa do Ibope, Fernando Gabeira aparecia com cerca de 10% dos votos, e Marcelo Crivella com 16%. Já na Datafolha, a realidade foi mais aproximada: 16% para Gabeira e 14% para Crivella.

Até o presente momento, Eduardo Paes se mantém na frente, com 31,98% dos votos. Gabeira fica com 25,63%. Crivella em terceiro com 19,04% e Jandira Feghalli em quarta, com 9,79% dos votos.

Eleições 2008: Homem morre em cabine de votação

Um aposentado morreu no final desta manhã na cidade de Morro da Fumaça, em Santa Catarina. Florindo Carrer, de 77 anos, teve um mal súbito e perdeu a conciência logo após sentar-se diante a urna eletrônica. Ele votava na escola Vitório Búrigo, na região central da cidade.

Não houve tempo para a chegada de equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e ele morreu no local, por volta das 12h, sem ter efetuado o voto.

O corpo será removido somente após a chegada do Instituto Médico Legal, e, por enquanto, a votação está paralizada na seção onde o aposentado morreu.

Eleições 2008: 30 candidatos são presos

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Ayres Britto, divulgou às 14h um balanço preliminar das eleições. De acordo com o relatório, 1.212 urnas apresentaram problemas e foram substituídas em todo o Brasil. Foram registradas 509 ocorrências de irregularidades, 168 prisões, sendo 30 candidatos.

De acordo com Britto, os erros das urnas são “compreensíveis”, e estão dentro da normalidade, uma vez que representa apenas 0,32% do total de urnas usadas nas eleições.

Há apenas dois casos de eleições usando cédulas de papel. Um é em São Bernardo do Campo, em São Paulo, e outro na cidade de Mari, na Paraíba.

O TSE não informou em quais cidades ocorreram as prisões e nem quais foram os candidatos presos.