Televisão: Segunda estréia “Revelação”

Depois de quase um ano sem novelas, SBT estréia amanhã ‘Revelação’

Por Luan Borges
Direto ao Ponto

Lucas (Sérgio Abreu) e Victória (Tainá Müller) se conhecem num curso de comunicação em Lisboa, Portugal, e se apaixonam perdidamente. Logo os dois ficam noivos e juram amor eterno. Porém, o romance não é o “conto-de-fadas” que parece, pois os planos do casal não são os mesmo de Ermírio Fernandes (Antônio Petrin), dono da maior fazenda da cidade e uma das autoridades de Tirânia. Ermírio tem outros planos para o casal, monitorado constantemente pelo personagem “oculto” (Henrique Martins), que conduz os passos de Lucas e da política de Tirânia de forma misteriosa.

lucasEssa é a trama principal de “Revelação”, que estréia nesta segunda, após Pantanal. Escrita por Íris Abravanel e com supervisão de texto de Yves Dumont, a novela chega num momento em que o SBT quer se firmar como uma produtora de teledramaturgia. Depois de dez anos sem uma produção com texto brasileiro, Íris conta que a idéia de fazer a novela foi para ajudar o seu marido: “O Silvio comentou comigo a dificuldade que ele estava tendo de encontrar autores nacionais”.

A novela conta com nomes famosos da teledramaturgia nacional, como os atores Flávio Galvão (Senhora do Destino e Paixões Proibidas), Elaine Cristina (Pantanal), Antônio Petrin (Pantanal e Amazônia), Cláudia Mello (As Pupilas do Senhor Reitor e A Diarista), Sérgio Abreu (Prova de Amor e Paraíso Tropical) e Tainá Müller (Eterna Magia).

Com um time de jovens colaboradores, a trama trás pontos sociais, como a explosão do consumo de drogas na cidade, a corrupção e a infidelidade do prefeito George Castelli (Flávio Galvão) e o ‘fogo’ do casal Bárbara (Tânia Bondezan) e Eduardo Fontenelle (Ariel Morshé). Além disso, tem também misteriosa personagem Maria dos Ventos (Nábia Vilela), que ao usar inúmeras saias sobrepostas até o chão, parece flutuar enquanto anda.

“Revelação” tem o objetivo de reposicionar o SBT em relação à teledramaturgia nacional. A autora Íris Abravanel vê isso como “um desafio enorme”. “Quando visitei nossa cidade cenográfica e vi as ruas desertas, pensei: é um desafio maior que uma novela apenas. É um projeto para reativar um núcleo vencedor no SBT. Reativar a teledramaturgia no SBT tem um significado muito importante para muitos profissionais e também para a cidade de São Paulo. Hoje, as concorrentes estão concentradas mais no Rio. Além disso, é muito importante para uma emissora como o SBT voltar a fazer novelas.”.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s