TELEVISÃO: O que há de errado com ‘A Fazenda’?

Porque o reality da Record não dá certo e não cai no gosto do público

A Fazenda ainda não agradou o público

A Fazenda ainda não agradou o público

Hoje o reality-show da Record, “A Fazenda”, completa uma semana no ar. Em apenas uma semana, já aconteceram diversos romances, brigas, panelinhas e outras características que atraem o público.

Mas, com tanta atração chamativa, porque “A Fazenda” não sai da casa dos 10 pontos?

A Record tem um seríssimo problema: querer vencer tudo no grito. Televisão não é no grito, televisão é no conteúdo. Além disso, falta identidade à Record. Tudo na Record é uma simples cópia daquilo que já cansamos de ver nas outras emissoras.

A estrutura da Fazenda também não é das melhores: poucas câmeras, iluminação fraca, “famosos quem?” e ausência de um canal 24 horas, e, porque não, uma trilha sonora péssima e apresentação horrível. E ainda, o número de brigas e romances em menos de uma semana e ausência de um canal 24 horas, abre espaço para suspeitas de uma possível armação.

As alterações do horário também complicam: a cada dia, a atração é exibida em um horário diferente, o que faz que o telespectador tenha que correr atrás da atração.

A Record precisa aprender que televisão se faz com estratégia e qualidade, e não no ego e no grito. Não adianta impor na mídia que está “a caminho da liderança” ou que é “uma TV de primeira”, precisa fazer por onde. Em 2004, a Record tinha um plano de liderança muito bem estruturado, onde a qualidade estava na frente de tudo. O plano se perdeu por volta de 2007, onde programas como “Balanço Geral” e produções como “Os Mutantes” foram dominando a emissora. A Record se perdeu na utopia da liderança a curto prazo. Não é assim. Nunca foi assim. A Globo levou 20 anos pra chegar à liderança. Não é na base da cópia, da arrogância, do ego e da gritaria que se chega lá, e sim com qualidade, e é o que tem faltado na emissora.

Um comentário sobre “TELEVISÃO: O que há de errado com ‘A Fazenda’?

  1. É verdade, eu também comecei a desconfiar de uma possível armação porque as coisas estão acontecendo rápido demais, como namoricos e brigas.

    E a falta de um canal pay per view reforça mais ainda essa hipótese.

    É uma pena.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s