Las duas caras de Doña Bella

A novela brasileira que fez sucesso no exterior ganha nova roupagem latina, completamente diferente do original

Por Luan Borges

Ana Jacinta de São José foi um personagem histórico brasileiro, uma das personalidades mais influêntes das Minas Gerais no século XIX, e viveu em Araxá, MG. Esta é Dona Beija, que teve sua vida retratada em dois livros: Dona Beija, a Feiticeira do Araxá, de Thomas Leonardo e A Vida em Flor de Dona Beija, de Agripa Vasconcelos. Os dois livros deram origem a telenovela Dona Beija, produzida pela extinta Rede Manchete em 1986 e reprisada em diversas ocasiões. A última em 2009, no SBT.

A novela foi vendida para todo o mundo, e fez bastante sucesso no mercado latinoamericano. Tanto sucesso que a novela ganhou uma nova versão em língua hispânica. Mas como refazer uma produção baseada em um personagem histórico brasileiro, que tem como plano de fundo um momento único para a nossa história, como a Inconfidência Mineira, o Movimento Republicano e Abolicionista? Simples: tira tudo isso.

É isso que acontece em Doña Bella, produzida pela colombiana RCN Televisión – a mesma que produziu Betty, a Feia –, para a hispano-americana TeleFutura. A nova versão de Dona Beija utiliza-se apenas da espinha dorsal da história, verdadeira, de Ana Jacinta de São José, demonstrando um total desrespeito das emissoras latinas não só com a história e a teledramaturgia brasileira, mas também com o público. Se perde do figurino, cenário, importância dramatúrgica, atuação e mais um pouco: se perde da verdadeira história.

Enquanto na versão brasileira Dona Beija é raptada por Mota, ouvidor do rei, e levada para a cidade de Paracatu e lá, para se vingar de seu sequestrador, se entrega ao bel prazer dos homens poderosos daquela região, em troca de jóias e ouro, que a deixa por ser chamado para o Rio de Janeiro pelo rei; na versão latina, Doña Bella é raptada por um mega empresário, estuprada e abandonada por ele.

Enquanto a nossa Dona Beija, após voltar para Araxá, é rejeitada por Antônio, já casado com outra mulher, Beija funda a histórica Chacará do Jatobá, um refinado bordel onde ela é a cortesã, a Doña Bella deles volta para Araxá – sim, a história deles se passa no Brasil –, é rejeitada por Antonio, já casado com outra, começa a se prostituir, sem lembrar o glamour de Dona Beija.

Doña Bella não passa nem perto da importância histórica e das peculiaridades da dramaturgia única da extinta Manchete. Lembra sim as mais melodramáticas produções da Televisa, cujo a sinopse parece ter surgido de mais um surto criativo de Inés Rodena. É usar a embalagem de um belo produto, pra vender um genérico de péssima qualidade.

Obama não resiste e dança com Thalía

mundo

Presidente dos EUA se rende aos encantos do furacão mexicano

Por Luan Borges
do Direto ao Ponto

O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, não resistiu ao balanço da música latina da cantora e atriz Thalía e dançou junto com ela ao som de “Amor a la Mexicana” num evento transmitido nacionalmente pela PBS, emissora pública americana.

A “Fiesta Latina”, que homenageia os imigrantes latinos, aconteceu nesta terça-feira na Casa Branca. Veja o vídeo:

Thalía ficou conhecida internacionalmente ao protagonizar as novelas mexicanas “Maria Mercedes”, “Marimar” e “Maria do Bairro”.

Maitê Proença irrita portugueses no ‘Saia Justa’

midia

Atriz cria verdadeira ‘Saia Justa’ ao cuspir na fonte do Monsteiro dos Jerônimos em Portugal

Por Luan Borges
do Direto ao Ponto

Maitê Proença cospe em fonte portuguesa em seu programa

Maitê Proença cospe em fonte portuguesa em seu programa

A atriz Maitê Proença, que apresenta o programa “Saia Justa” no canal pago GNT ao lado de Betty Lago, Márcia Tiburi e Mônica Waldvogel, criou uma verdadeira Saia Justa na edição em que a atriz mostra o vídeo de sua viagem a nossa ex-metrópole.

No vídeo, Maitê ironiza Portugal a todo momento. Logo no começo, Maitê mostra a placa de um número 3 ao contrário, segundo ela, “para provar que está em Portugal”. Ao longo do vídeo, Maitê faz inúmeras referencias as ‘burrices’ dos portugueses, apesar de cometer algumas gafes de chamar o Rio Tejo de “mar”.

O vídeo termina com Maitê Proença cuspindo na fonte do Claustro do Monsteiro de Jerônimos, um patrimônio mundial protegido pela UNESCO.

O vídeo, que já foi exibido pelos canais SIC e RTP, causou revolta no povo português, que exige um pedido de desculpas da atriz. Uma petição online já conta com mais de 2 mil assinaturas.

Em entrevista ao site do jornal “O Globo”, Maitê pediu desculpas e diz que “tudo não passou de uma brincadeira”, porém ela diz que “está faltando humor nas pessoas”.

Veja o vídeo:

Xuxa processa Twitter

brasil

Rainha dos baixinhos ainda diz que vai acabar com ‘essa coisa nojenta

Por Luan Borges
Siga-nos no Twitter

Xuxa quer bloquear Twitter no Brasil

Xuxa quer bloquear Twitter no Brasil

A apresentadora Xuxa Meneghel, a “rainha dos baixinhos”, entrou hoje (26) com um processo contra o Twitter. O motivo, segundo a apresentadora, é por difamação, ofensa moral e ameaça verbal contra ela e sua filha, Sasha Meneghel.

Em nota oficial enviada pela assessoria de Xuxa, o alvo da ação é “retirar todo o conteúdo ofensivo e difamatório contra Xuxa e Sasha e o congelamento do serviço no Brasil até então”. Em outras palavras, Xuxa quer que qualquer ofensa a ela seja excluída e que o Twitter seja censurado no Brasil.

Xuxa criou seu perfil oficial na rede no dia 3 de agosto e até então vinha publicando mensagens a respeito do seu cotidiano, com erros de português e escrito em “CAIXA ALTA”. Toda vez que um usuário do serviço alertava-a sobre os erros, se desculpava, mas comentendo novas gafes.

A situação se agravou quando a filha de Sasha usou o perfil de Xuxa e publicou uma mensagem dizendo que faria uma “sena” (sic) com uma cobra. A partir daí, vários internautas enviaram mensagens ridicularizando a escrita da menina-jovem estrela. Xuxa então respondeu as mensagens dizendo que Sasha foi alfabetizada em inglês e que a filha dela não merecia “ouvir certas m..”. Logo após, Xuxa se desligou do Twitter dizendo que os internautas não “merecem falar comigo e com meu anjo”.

Em declaração à equipe da Globo News, Xuxa foi enfática: “Não permitirei que mexam com a honra de minha filha. Ou essa coisa nojenta, esse Twitter acaba, ou meus advogados vão proibir essa barbaridade.”

César Dutra Maia, advogado principal da causa contra o Twitter, diz: “Iremos até o final para punir os responsáveis pela afronta e difamação, mesmo que isso signifique punir individualmente os criminosos através do rastreamento de seus usuários.”

Afinal, me digam, o que é mais fácil: a Xuxa acabar com o Twitter ou o Twitter acabar com a Xuxa?

Momento EGO: Ator de ‘Chaves’ passa por crise no casamento

mundo

Roberto Gómes Bolaños, ator que viveu “Chaves”, briga com Florinda Meza

Por Luan Borges

Bolaños e Florinda passam por desentendimentos

Bolaños e Florinda passam por desentendimentos, por não ter dado seu sanduíche de presunto (Foto: Arquivo)

Momento EGO no Direto ao Ponto: O ator e escritor Roberto Gómes Bolaños, que viveu o personagem “Chaves” do seriado mexicano honônimo, passa por uma crise em seu casamento com Florinda Meza, que viveu D. Florinda no mesmo seriado.

Segundo o tablóide mexicano Fama, o casal tem protagonizado brigas em público, por causa do comportamento de Florinda nas entrevistas de Bolaños aos jornalistas.

A publicação afirma que, no último fim de semana, Bolaños saiu para comer em um restaurante da Cidade do México com seus filhos, do primeiro casamento. Quando Florinda já estava pronta, Bolaños disse: “Você não foi convidada. É uma reunião de pai, filhos e netos”.

Nas últimas semanas, no México, um jornalista os entrevistou em um aeroporto, e Bolaños disse à Florinda para se calasse, em voz alta, pois queria falar. Florinda, sem graça, respondeu dizendo que “só queria ajudar, eles [os jornalistas] sabem que você não escuta direito”.

Jornais do mundo todo trazem Michael na capa

mundo

Até o esportivo Lance! estampou a notícia na capa. Carioca Extra ganha o prêmio de capa mais bonita

Por Luan Borges

Era fato: na sexta-feira, um dia depois da morte do rei do pop, Michael Jackson, a notícia de sua morte estamparam os jornais de todo o mundo.

O Direto ao Ponto traz algumas capas selecionadas, desde os jornais brasileiros, aos jornais internacionais, com as capas mais belas e as principais capas de todo o mundo. Veja: