Mais uma quer ‘Tropa de Elite’

A guerra pela produção de uma série derivada do filme “Tropa de Elite” ganhou mais um personagem. A RedeTV!, que recentemente começou sua história teledramaturga com a mega-produção “Donas de Casas Desesperadas”, versão brasileira de “Desperate Housewives” em parceria com a Disney e a argentina Polka. Assim, na TV Aberta, praticamente todas as emissoras querem produzir a versão televisiva do filme: Globo, Record, SBT e RedeTV!, além do canal pago HBO. Só falta a Band fazer uma proposta…

Algumas exigências já estão sendo feitas. Algumas, por exemplo, são: José Padilha e Marcos Prado querem total controle da série, a minissérie de 12 capítulos terá que ser produzida pela Zazen Produções e que parte da direção do programa seja comandado pela dupla, mais quatro diretores amigos que serão convidados para dirigir alguns capítulos.

Record, Globo e HBO querem “Tropa de Elite”

Mesmo depois de toda a pirataria, que acabou sendo uma ótima forma de publicidade para o filme, “Tropa de Elite” superou os 700 mil espectadores desde a estréia, no dia 5. Diante todo esse sucesso, três emissoras estão querendo transformar o filme em série. A Globo, a Record e a HBO estariam negociando os direitos de adaptação do filme em série.

O diretor José Padilha, durante entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, confirmou o interesse em adaptar o filme em série, mas não falou o nome de nenhuma emissora interessada.

A decisão quanto ao formato da série e qual emissora produzirá só será tomada em novembro, quando Padilha volta de férias. Até lá, as emissoras correm atrás de patrocinadores para viabilizar o projeto.

Tropa de Elite estréia hoje nos cinemas

Depois do vazamento do filme, que indica ser a versão internacional, a versão nacional estréia hoje nos cinemas do Rio de Janeiro e de São Paulo. No resto do Brasil, o filme estréia na semana que vem. O diretor do filme, José Padilha, disse que a versão do filme que vazou não pode ser considerada nacional, pois ainda não havia sido editado.No entanto, nos camelôs do Rio já é anunciado o filme “Tropa de Elite IV”. Na verdade, não passa de um outro filme, o “Quase Dois Irmãos”, com Caco Ciocler. A versão “II” do filme é o documentário “Notícias de Uma Guerra Particular”, do cineasta João Moreira Salles. A versão “III” são apenas vídeos de operações do BOPE e da PM em favelas.

O filme conta a história do Capitão Nascimento. Capitão do BOPE, o Batalhão de Operações Especiais do Rio de Janeiro que quer sair da corporação e encontrar um substituto. Paralelamente, há a história de dois amigos de infância (os “aspiras”, como são chamados pelo Capitão Nascimento no filme) que se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra. Eles ficam indignados com a corrupção no batalhão que atuam e decidem entrar para o BOPE e lutar contra isso.

A classificação do filme é 16 anos.

Muitos acreditam que o vazamento de “Tropa de Elite” foi um puro golpe de marketing. Com o seu vazamento, o filme ganhou vários fãs, principalmente do mesmo público que assistiu a novela “Vidas Opostas”, da Rede Record. Na Internet, o Blog do Capitão Nascimento já é o “mais quente” no WordPress do Brasil. E por e-mails já ronda os “Fatos do Capitão Nascimento”, semelhante aos já feitos para Chuck Norris, Jack Bouer, Silvio Santos e outras personalidades. Uma delas é: “O Capitão Nascimento fez com que muitas pessoas voltassem a ter medo do homem do saco.”.

Pra quem já viu a versão “bruta” de Tropa de Elite, só viu um pouco do que verdadeiramente é o filme. Vale a pena ir ao cinema ver a versão original, editada e com boa qualidade de som e imagem.