Xuxa processa Twitter

brasil

Rainha dos baixinhos ainda diz que vai acabar com ‘essa coisa nojenta

Por Luan Borges
Siga-nos no Twitter

Xuxa quer bloquear Twitter no Brasil

Xuxa quer bloquear Twitter no Brasil

A apresentadora Xuxa Meneghel, a “rainha dos baixinhos”, entrou hoje (26) com um processo contra o Twitter. O motivo, segundo a apresentadora, é por difamação, ofensa moral e ameaça verbal contra ela e sua filha, Sasha Meneghel.

Em nota oficial enviada pela assessoria de Xuxa, o alvo da ação é “retirar todo o conteúdo ofensivo e difamatório contra Xuxa e Sasha e o congelamento do serviço no Brasil até então”. Em outras palavras, Xuxa quer que qualquer ofensa a ela seja excluída e que o Twitter seja censurado no Brasil.

Xuxa criou seu perfil oficial na rede no dia 3 de agosto e até então vinha publicando mensagens a respeito do seu cotidiano, com erros de português e escrito em “CAIXA ALTA”. Toda vez que um usuário do serviço alertava-a sobre os erros, se desculpava, mas comentendo novas gafes.

A situação se agravou quando a filha de Sasha usou o perfil de Xuxa e publicou uma mensagem dizendo que faria uma “sena” (sic) com uma cobra. A partir daí, vários internautas enviaram mensagens ridicularizando a escrita da menina-jovem estrela. Xuxa então respondeu as mensagens dizendo que Sasha foi alfabetizada em inglês e que a filha dela não merecia “ouvir certas m..”. Logo após, Xuxa se desligou do Twitter dizendo que os internautas não “merecem falar comigo e com meu anjo”.

Em declaração à equipe da Globo News, Xuxa foi enfática: “Não permitirei que mexam com a honra de minha filha. Ou essa coisa nojenta, esse Twitter acaba, ou meus advogados vão proibir essa barbaridade.”

César Dutra Maia, advogado principal da causa contra o Twitter, diz: “Iremos até o final para punir os responsáveis pela afronta e difamação, mesmo que isso signifique punir individualmente os criminosos através do rastreamento de seus usuários.”

Afinal, me digam, o que é mais fácil: a Xuxa acabar com o Twitter ou o Twitter acabar com a Xuxa?

TELEVISÃO: Senhora do Destino continua no ar

Globo consegue reverter decisão da Justiça e mantém reprise no ar
Por Luan Borges

Como esperado, a Rede Globo conseguiu reverter a decisão do Ministério da Justiça de mudar a classificação da reprise da novela “Senhora do Destino”, de Aguinaldo Silva, para 12 anos (Impróprio para antes das 20h).

Segundo o Ministério da Justiça, a trama estava imprópria para o horário da tarde, por conter violência e linguagem sexual. A Globo, que tinha cinco dias para acatar a decisão, entrou com recurso e venceu, portanto, Senhora do Destino permanece no ar.

A Classificação Indicativa já está virando instrumento de censura. Enquanto programas como “A Fazenda” recebe classificação 10 anos (exibição em qualquer horário), o infantil “Bom Dia & Cia” também recebe a mesma classificação. Logo, na visão do Ministério da Justiça, A Fazenda, que tem brigas pesadas e romances se iguala ao Bom Dia & Cia, que exibe desenhos e sorteia prêmios. Quais são os meios utilizados pelos ‘censores’ para classificar os produtos? Linguagem, horário ou poder de influência da emissora avaliada?

Em breve, no horário da tarde, poderão apenas ser exibidos filmes da Xuxa e desenhos do Discovery Kids. É lamentável a hipocrisia do Ministério da Justiça, que veta novela e Maisa, mas descuida da própria Justiça.

WordPress diz que é possível bloquear apenas um blog

A equipe do WordPress, quando perguntada sobre o possível bloqueio do serviço no Brasil, respondeu que é possível bloquear apenas o blog que causou a confusão com a Justiça brasileira, ao invés de bloquear todo o servidor no Brasil, o que causaria muitos protestos.

Caso semelhante com o bloqueio do WordPress foi o bloqueio temporário do YouTube no Brasil, quando um processo movido pela apresentadora e modelo Daniela Cicarelli, que na época apresentava o programa “Beija Sapo”, na MTV. Coincidência ou não, a Viacom, dona da MTV, moveu vários processos contra o Youtube para a retirada dos vídeos de seus canais (MTV, VH1 e seus derivados).

Enquanto o processo corre, nossos blogs continuam com a corda no pescoço. A qualquer momento podemos sair do ar no Brasil. É torcer pra não acontecer.

Censura: Orkut é obrigado a excluir comunidades anti-Edir Macedo

 

A 34ª Vara Cível de São Paulo determinou nesse domingo, dia 14, que a Google Brasil, subsidiária brasileira da Google Inc., está obrigada a excluir todas as comunidades da rede de relacionamento, o Orkut, que ofendam o líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Rede Record, Edir Macedo.

A Google pode ser obrigada uma multa diária de R$1 mil por página caso não exclua as comunidades. A Google Brasil rebateu dizendo que não poderia ser réu da ação porque o Orkut é controlado da sede nos EUA. O juíz Leandro de Paulo Martins Constant entende que as empresas são do mesmo grupo econômico, portanto são responsáveis solidariamente

A Google argumentou que não é autora das ofensas, mas para o juíz a Google é responsável pelo conteúdo presente nas comunidades.

A maior comunidade contra Edir Macedo é a “Edir Macedo volte para a cadeia!“, que até o momento dessa reportagem contava com 525 membros.

———–

Censura! Edir Macedo consegue promover a censura na internet! Se é para excluir as que ofendem Edir Macedo, aquelas que falam a verdade, como a “Edir Macedo, o pedágio pro céu” pode continuar?

A decisão é só para as comunidades contra Edir Macedo. As comunidades contra a IURD e contra a Record continuam existindo. Ainda bem!

Censura: Blogs e sites estão sendo proibidos de divulgar IBOPE

A partir de hoje todos os blogs e sites que não são assinantes do IBOPE porém divulgam seus números estão sendo convidados à parar de divulgá-los. Alguns blogs e sites que eram nossas fontes foram notificados pela equipe do IBOPE, como o blog “Esporte e Notícia“, que divulgava o IBOPE em tempo real, além das prévias e consolidados. O Blog Internacional/Direto ao Ponto ainda não foi notificado oficialmente, porém estamos a inteira disposição da equipe dessa confiável instituição chamada IBOPE através do nosso e-mail.

Se um blog ou site quiser ter o direito de publicar os dados do IBOPE, é necessário pagar uma mensalidade de R$322,00. O antigo instituto Datanexus disponibilizava esse serviço gratuitamente.

Recentemente vimos que o IBOPE é fraudável: na Argentina, foi descoberta uma fraude do IBOPE em que uma parte das pessoas pesquisadas tiveram seus nomes e endereços divulgados na Internet, permitindo que uma emissora oferecesse dinheiro para que o telespectador assistisse a emissora.

Outro problema do IBOPE é o baixo número de domicílios pesquisados: apenas 750 domicílios da Grande São Paulo representa mais de 20 milhões de pessoas. Isso foi alvo de críticas da redatora do programa Pânico na TV, Rosana Hermann. O IBOPE da Grande SP também é o principal porque serve de termômetro para o mercado publicitário. Por isso, um programa que é líder na Paraíba e é terceiro em São Paulo possivelmente terá baixo faturamento.

Outra personalidade da TV também criticou o IBOPE. A escritora Letícia Dornelles, adaptadora da novela “Amigas e Rivais”. Segundo Letícia, a novela vai bem em todas as regiões do país, com destaque para a região Nordeste e para o interior de São Paulo, onde a novela aproxima-se da Rede Globo. Já em São Paulo, a novela dificilmente passa dos 6 pontos. “Só precisamos da boa vontade do IBOPE da Grande SP. O que acontece com esse IBOPE? Adoraria saber”, declarou Letícia.

Recentemente, havia uma grande briga por números. Diversos sites que publicavam os números do IBOPE registravam números diferentes. Além da diferença do IBOPE prévio para o consolidado, onde é normal haver oscilação de dois pontos. Algumas emissoras, como o SBT e a Band, eram a que mais registravam queda no consolidado.

Arbitrariedade e censura, é assim que pode ser definida essa decisão por parte do IBOPE. O IBOPE tem medo da rapidez em que seus números eram divulgados. Ao vivo, em tempo real, direto do Real Time, não havia tempo para manipular, fraudar, influenciar e alterar esses dados a favor de emissora “A” ou “B”. Desde sempre, nunca o IBOPE foi inteiramente confiável por toda a mídia, sempre havendo uma desconfiança, seja por uma emissora fora do ar que registra 1 ponto, ou números diferentes dos outros. Será que o IBOPE tem medo de ser descoberto?

Crítica: Demissão de Salete Lemos – Ditadura no Brasil?

Em julho, a jornalista Salete Lemos foi demitida da TV Cultura por causa do comentário acima. Neste vídeo, Salete critica duramente o Plano Bresser. O Bresser é do PSDB. A TV Cultura é a TV do Governo de São Paulo, do PSDB. O FEBRABAN apóia o governador José Serra. O pessoal do Bresser e do FEBRABAN não gostou do comentário da jornalista e, como resposta, a direção da TV Cultura demitiu Salete Lemos.

A TV Cultura é uma TV pública de São Paulo. Deveria ser imparcial, mas ficou claro que é só mais uma TV, como outra qualquer, que tem “rabo-preso” e conchavo com bancos e governos, onde a liberdade de expressão só existe pela metade.

Pensávamos que com o fim da ditadura militar, poderíamos criticar e elogiar o governo abertamente, sem medo de ser censurado. Oficialmente, a censura acabou, mas na prática, a censura existe e está presente até naquela emissora que julgávamos impecáveis.