Troféu Rubens Furlan #002

tag-trofeu

Confira os premiados da última semana!

Por Luan Borges

A semana começa e o Troféu Rubens Furlan destaca aqueles babacas que foram notícia na semana passada. Tudo bem que nem é tão difícil assim saber os vencedores, mas esteve difícil de escolher, porque foram muitos babacas.

Troféu Rubens Furlan de Política

Ele pode até ser um dos políticos mais influentes do mundo, o presidente mais popular da história do Brasil e várias outras coisas, mas usar a máquina pública para enfiar goela abaixo a canditada Dilma Rouseff é uma atitude, no mínimo, babaca. Lula, mais uma vez, mostra seu desapreço pela legislação brasileira. Lulinha paz e amor, a campanha já começou, mas usar propagandas da Petrobrás pra destacar a Dilma é feio, muito feio.

Troféu Rubens Furlan de Televisão

A contratação de Gugu pode até ser uma das maiores da TV brasileira dos últimos anos, e ter o segundo maior salário da TV, recebendo R$ 3 milhões por mês – o primeiro é de Faustão, R$ 5,5 mi –, mas o Ibope não reflete isso. Muito pelo contrário. Ontem, dia 16, Gugu chegou a marcar 4 pontos em pleno horário nobre e empatar com, pasmem, o Mesa Redonda da TV Gazeta! A Record contratou Gugu para liderar no horário, já que no SBT ele dava picos de até 20 pontos. Porém, o Pânico e seu ex-patrão, Silvio, continuam pisando em Gugu, mostrando que dinheiro não é tudo.

Troféu Rubens Furlan de Esporte

Essa é óbvia! Dunga! O anão da Branca de Neve surpreendeu a população brasileira não chamando Neymar e Ganso! Com desculpas mais feias do que suas camisas, Dunga provou a incompetência como técnico e chamou o excelente Grafite! Patcha que lá pareo! Pelo menos o povo não vai ficar falando tanto da Copa.

Troféu Rubens Furlan de Internet

O troféu da semana vai pra uma parte do Twitter, que numa atitude preconceituosa, jogou o perfil @vouconfessarque do luxo ao lixo, só porque um dos Colírios da Capricho mantinha no twitter. Puro preconceito que se gerou por trás dos Colírios, a máxima de que “toda pessoa bonita é burra”. Mentira e puro preconceito. Se fosse um nerd gordo, dúvido que haveria tanto escândalo. É, Twitter também é preconceito.

Vote no Prêmio Top Blogs!

Direto ao Ponto participa de votação online

Por Luan Borges

Direto ao Ponto conta com seu voto

Direto ao Ponto conta com seu voto

O Direto ao Ponto foi indicado para concorrer ao prêmio Top Blogs. Fruto de um trabalho de quatro anos, o Direto ao Ponto é um blog feito sem fins lucrativos, mas que é compromissado com a notícia e a informação verdadeira.

Mosso blog foi indicado pela equipe do Top Blogs, agora contamos com o seu apoio: vote no Direto ao Ponto, que concorre na categoria Variedades. Clique no banner ao lado e vote.

A nossa indicação foi fruto de um trabalho de carinho e dedicação à você, leitor, que nos acompanha durante anos. A equipe do Direto ao Ponto agradece o seu apoio!

Internacional: Barack Obama, uma revolução na América

Negro, de descendência direta africana, e de família miscigenada, Obama representa uma revolução na cultura americana

Por Luan Borges
Direto ao Ponto

O novo presidente americano é negro, e com uma larga vitória.. A apuração ainda não acabou, mas Obama já conseguiu muito mais dos 270 delegados necessários. 349 contra 162 delegados do republicano John McCain. Nos votos populares, é mais 7 milhões de votos de diferença: 63.507.796 votos para Barack Obama contra 56.151.854 para John McCain, segundo os últimos dados do The New York Times.

Mas não foi apenas na vitória de Barack Obama, mas sim de todo o Partido Democrata. Nas 100 cadeiras do Senado americano, os Democratas ganharam mais 5 cadeiras: ficaram com 56 cadeiras, enquanto os Republicanos perderam 5 cadeiras: agora contam com 41.

Na Câmara de Deputados, 19 cadeiras republicanas foram para os Democratas: 254 democratas ocupam a câmara, contra 174 deputados republicanos.

Estados importantes preferiram Obama à McCain: Califórnia, com 55 delegados, a Flórida, com 27, Nova York, com 31, Pensilvânia e Illinois, ambos com 21 delegados. Já para McCain, o único estado importante preferiu McCain: o Texas, terra de George Bush.

A vitória de Barack Obama representa muito mais do que a volta dos Democratas ao comando. Representa uma nova página na história norte-americana: pela primeira vez, um negro está no comando, num país reconhecido pelo preconceito racial. Isso prova que os EUA estão mudando. A maior crise econômica desde a década de 30, mudou as idéias dos americanos. Não importa se é branco ou se é negro, o que eles querem é salvar o país da crise.

Essa eleição representa também uma grande reprovação americana ao governo de George W. Bush, cansados de terem um presidente burro, que comprou a briga do seu pai. A Guerra do Iraque, a caçada sem sucesso a Bin Laden, a ineficiência do presidente para conter a crise, tudo contribuiu para desgastar a imagem do Partido Republicano com o povo estadunidense.

Parabéns ao povo americano, que escolheu muito bem seu governante, depois de 8 anos obscuros sob o comando do tapado George Bush.

Rio de Janeiro: Eleição pode ter sido fraudada

Blog do Noblat denuncia esquema de corrupção para eleger Eduardo Paes

Por Luan Borges
Direto ao Ponto

Segundo o blog de Ricardo Noblat, um integrante da campanha de Eduardo Paes, no bairro da Penha, zona norte do Rio, confidenciou a dois amigos que estava sendo oferecido dinheiro a mesários para que facilitassem a fraude nas eleições. A denúncia foi feita no dia 24 de outubro, um dia anterior a eleição.

Na matéria, Noblat revela como seria o esquema: a 15 minutos do fim do período de votação, um representante da campanha entraria na sessão eleitoral e votaria em nome de uma parte dos eleitores que não tivesse comparecido.

A conversa do integrante da campanha de Eduardo Paes foi ouvido por um simpatizante de Fernando Gabeira, candidato derrotado. Convidado por um inspetor de polícia a registrar uma denúncia formal na delegacia, o integrante da campanha de Paes recusou, dizendo não querer confusão “com essa gente do governo”, e lembrando do caso da morte de um vereador naquela semana.

No dia da eleição, uma matéria realizada pela TV Globo mostrou que um eleitor não conseguiu votar porque, segundo o mesário, uma pessoa teria usado o seu nome e já votado. Na matéria, a TV Globo não deu destaque e a apresentadora disse que “não havia com o que se preocupar, já que o voto estava registrado”.

A campanha de Fernando Gabeira procurou o juiz eleitoral do Rio para pô-lo a par do episódio.

Eleições 2008: Paes diz que Gabeira quer legalizar cafetões e é “despreparado”

‘Ele não tem propostas’, diz Eduardo Paes

ANDRÉ ZAHAR
colaboração para a Folha Online, no Rio

O candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro Eduardo Paes (PMDB) elevou nesta segunda-feira o tom dos ataques ao adversário Fernando Gabeira (PV). A seis dias do segundo turno, o peemedebista disse que a candidatura do verde é “oca”, “despreparada”, “oba-oba” e “sem proposta”. Citando o projeto de lei que regulamenta a profissão de prostituta, Paes disse ainda que Gabeira quer legalizar a profissão de cafetão.

As declarações foram feitas após encontro, no centro do Rio, com mulheres de PMDB, PC do B, PT e PSB –partidos que o apóiam no segundo turno. Paes disse que vai tentar enfatizar na reta final a suposta falta de projetos do verde para a cidade do Rio.

“Se algum de vocês [repórteres] puder me dizer algumas propostas do candidato Fernando Gabeira, eu pago um jantar no restaurante mais caro do Rio de Janeiro. Ele não tem propostas”, disparou Paes.

Paes ironizou a presença de artistas no programa eleitoral do adversário. “Faltam propostas ao candidato. É só oba-oba, musiquinha, jingle, muito artista na televisão. Infelizmente não vamos passar os próximos quatro anos ouvindo o Caetano Veloso cantando Cidade Maravilhosa. Adoraria que isso resolvesse os problemas da cidade, mas estamos elegendo o prefeito da cidade, não alguém que vai ficar nos entretendo nos próximos quatro anos”, disse.

O peemedebista afirmou que Gabeira “não sabe absolutamente nada” sobre o Rio e “não faz idéia do que vai fazer com a cidade”. Ele sustenta que o verde tem uma candidatura “vazia, oca e despreparada”.

Paes também voltou a citar o projeto de lei do deputado federal sobre a prostituição, que usou ontem para atacar Gabeira no debate da TV Record.

“O deputado Fernando Gabeira mentiu ontem. Tem um projeto de lei dele que regulamenta a prostituição e tira do código penal o crime de tráfico de mulheres e de corrupção de menores. Ele mentiu ontem descaradamente no debate”, disse.

Gabeira disse que o adversário quer confundir o eleitorado. “É uma tentativa de deformar os projetos e me comprometer com o eleitorado mais conservador, mas não vai ter resultado.”

Ao citar panfletos sobre o assunto que a vereadora Liliam Sá (PR) tem distribuído na porta das igrejas evangélicas para prejudicar Gabeira, o peemedebista disse que os políticos podem manifestar suas opiniões. “Os políticos não podem mais manifestar opinião? Eu, por exemplo, não sou a favor de legalizar a profissão do cafetão”, disse.

O encontro no centro do Rio contou com a participação da candidata derrotada no primeiro turno Jandira Feghali (PC do B). Paes anunciou o desejo de criar uma secretaria para as mulheres, mas não disse que Jandira será a titular da pasta.

Eduardo Paes lidera segundo Ibope

A disputa para prefeitura do Rio continua bem acirrada. Segundo a última pesquisa divulgada pelo Ibope, Eduardo Paes (PMDB), está liderando as intenções de voto com 27%, em empate tecnico com o bispo Marcelo Crivella (PRB), que tem 23% das intenções de voto.

Bem mais atrás está Jandira Feghalli, do PC do B, que tem 6% das intenções de voto. O candidato do PV, Fernando Gabeira, conta com 6% dos votos. Solange Amaral (DEM), candidata apoiada por César Maia, conta com 5%. Alessandro Molon, do PT, conta com 4%. Chico Alencar (PSOL) e Paulo Ramos (PDT) estão empatados com 1% dos votos. Os candidatos Vinicius Cordeiro (PT do B), Antônio Carlos (PCO) e Filipe Pereira (PSC) não alcançaram 1%. Eduardo Serra (PCB) não foi citado.

Brancos e nulos registraram 12%. Não souberam ou não quiseram opinar registram 11%.

Num eventual segundo turno, segundo a pesquisa, Eduardo Paes teria 43% contra 30% do Crivella. No confronto de Paes com Jandira, o candidato do PMDB venceria por 46% a 23%.

Na pesquisa anterior, divulgada dia 30 de outubro, Eduardo Paes tinha 19% e Crivella 24%. Jandira registrava 10%. Gabeira e Solange Amaral registravam 5%.

A pesquisa, encomendada pelo jornal Estado de São Paulo e pela TV Globo ouviu 1001 eleitores entre os dias 9 e 11 de setembro