Obama não resiste e dança com Thalía

mundo

Presidente dos EUA se rende aos encantos do furacão mexicano

Por Luan Borges
do Direto ao Ponto

O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, não resistiu ao balanço da música latina da cantora e atriz Thalía e dançou junto com ela ao som de “Amor a la Mexicana” num evento transmitido nacionalmente pela PBS, emissora pública americana.

A “Fiesta Latina”, que homenageia os imigrantes latinos, aconteceu nesta terça-feira na Casa Branca. Veja o vídeo:

Thalía ficou conhecida internacionalmente ao protagonizar as novelas mexicanas “Maria Mercedes”, “Marimar” e “Maria do Bairro”.

Começa a cerimônia de posse de Barack Obama

Obama e o vice, Joe Biden, fazem juramento em frente ao Capitólio

da Folha Online
Ouça a Rádio Total Mais, com a cobertura ao vivo da posse de Barack Obama

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou ao Capitólio, em Washington, ao lado do vice, Joe Biden, para a cerimônia de posse. O democrata será o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos e o 44º da história.

A população recebeu o presidente com gritos de “Obama, Obama”, enquanto Obama cumprimentou os presentes. A mulher Michelle Obama, entrou ao lado da primeira-dama Laura Bush.

Membros da administração de George W. Bush, como a secretária de Estado Condoleezza Rice; o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, o democrata Ted Kennedy, o democrata Al Gore, e os pais do presidente, George H. W. Bush (1989-1993) e Bárbara Bush, chegaram ao Capitólio, em Washington, para a posse do presidente eleito, Barack Obama.

A cerimônia foi iniciada formalmente pela presidente da Comissão de Inteligência do Senado,
Dianne Feinstein, que lembrou que “o mundo está assistindo um espetáculo de democracia” que segue um período de transição pacífico.

Feinstein reiterou diversas vezes os valores de liberdade inerentes ao conceito de democracia e a importância da posse como o evento que consagra, há cada quatro anos, a escolha de um presidente eleito democraticamente.

“A possibilidade das pessoas escolherem seus líderes é raiz da liberdade”, afirmou.

“As futuras gerações lembrarão esta manhã pela real e necessária mudança em nossa nação. Eles olharão para trás e lembrarão que o sonho que uma vez ecoou dos degraus do Lincoln Memorial finalmente alcança as paredes da Casa Branca”, afirmou.

“Na posse, lembremos da visão, esperança e unidade e do pedido de uma nova de grandeza do nosso 44º presidente dos EUA”, completou.

Emissoras fazem cobertura maciça da posse de Barack Obama

Todas as emissoras participam da cobertura de um momento histórico mundial

Por Luan Borges
Direto ao Ponto // Inovando e Informando
Agora na Total Mais: Toca + Pop Rock

Nunca antes na história da TV brasileira, a posse de um presidente norte-americano teve tanto destaque como a posse de Barack Obama. Todas as emissoras abertas, sem excessão, dará destaque na sua programação à posse de Obama.

Globo, SBT, Record, Bandeirantes e RedeTV! prometem flashes durante toda a programação na terça-feira, a partir das 13h, quando começa a longa lista de eventos de Barack Obama. Além dos flashes, os principais telejornais da emissora darão destaque absoluto ao momento histórico.

Embora a posse só ocorra nesta terça, os canais Globo News e Record News já dão destaque à Barack Obama. Hoje, por exemplo, as duas emissoras transmitiram o futuro presidente pintando um Centro Educacional. Hoje, nos EUA, é Dia do Voluntariado e Dia de Martin Luther King.

A TV Cultura deixará para falar de Barack Obama apenas no seu telejornal noturno, porém exibirá o documentário “Barack Obama – Sua História” na terça, às 20h.

A MTV Brasil irá transmitir o “Be The Change: Live From the Inaugural”, uma das 10 festividades que Barack Obama estará presente.

O canal pago GNT também terá uma programação especial para Barack Obama. Nesta segunda, às 21h15, será exibido o documentário “Obama – Tempo de Mudança”. O “Oprah Winfrey Show” de quarta e sexta terão edições especiais.

O Biography Channel, nesta quarta, às 20h, falará de Barack Obama em “Vidas que Mudaram o Mundo”.

A Rádio Total Mais também irá cobrir a posse de Barack Obama, na sua programação de terça.

MTV transmite posse de Barack Obama ao vivo

Emissora transmitirá com exclusividade e ao vivo a posse do 1º presidente negro americano

Por Luan Borges
Direto ao Ponto // Inovando e Informando
Ouça a Rádio Total Mais, com a posse ao vivo de Barack Obama

Obama é o 1º presidente negro americano

Obama é o 1º presidente negro americano

A MTV Brasil transmitirá ao vivo e com exclusividade o “Youth Inauguration Ball”, parte da festa oficial da posse de Barack Obama, na madrugada de terça (20/01) para quarta (21/01), a partir da 1 da manhã. Batizada de “Be The Change: Live From The Inaugural”, trata-se da celebração da participação massiva dos jovens norte-americanos na eleição do ano passado, que elegeu o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, e o engajamento dos que lutam por mudanças sociais através de trabalhos voluntários.

O evento, que terá uma hora e meia de duração, terá, além do discurso do recém empossado Barack Obama, shows de Kanye West, Fall Out Boy, Rihanna e a participação de vários outros artistas.

O evento marca a mudança do poder dos Estados Unidos e do fim do desastroso governo de George Bush, para um começo cheio de esperança, em meio a crise.

Caze vai estar nos estúdios da MTV ao vivo comentando o evento e contextualizando o novo momento histórico. Além disso, o blogueiro Rafa Losso, que acompanhou as eleições americanas no seu blog estará conversando com a audiência ao lado de Caze através de um live blogging.

Internacional: Barack Obama, uma revolução na América

Negro, de descendência direta africana, e de família miscigenada, Obama representa uma revolução na cultura americana

Por Luan Borges
Direto ao Ponto

O novo presidente americano é negro, e com uma larga vitória.. A apuração ainda não acabou, mas Obama já conseguiu muito mais dos 270 delegados necessários. 349 contra 162 delegados do republicano John McCain. Nos votos populares, é mais 7 milhões de votos de diferença: 63.507.796 votos para Barack Obama contra 56.151.854 para John McCain, segundo os últimos dados do The New York Times.

Mas não foi apenas na vitória de Barack Obama, mas sim de todo o Partido Democrata. Nas 100 cadeiras do Senado americano, os Democratas ganharam mais 5 cadeiras: ficaram com 56 cadeiras, enquanto os Republicanos perderam 5 cadeiras: agora contam com 41.

Na Câmara de Deputados, 19 cadeiras republicanas foram para os Democratas: 254 democratas ocupam a câmara, contra 174 deputados republicanos.

Estados importantes preferiram Obama à McCain: Califórnia, com 55 delegados, a Flórida, com 27, Nova York, com 31, Pensilvânia e Illinois, ambos com 21 delegados. Já para McCain, o único estado importante preferiu McCain: o Texas, terra de George Bush.

A vitória de Barack Obama representa muito mais do que a volta dos Democratas ao comando. Representa uma nova página na história norte-americana: pela primeira vez, um negro está no comando, num país reconhecido pelo preconceito racial. Isso prova que os EUA estão mudando. A maior crise econômica desde a década de 30, mudou as idéias dos americanos. Não importa se é branco ou se é negro, o que eles querem é salvar o país da crise.

Essa eleição representa também uma grande reprovação americana ao governo de George W. Bush, cansados de terem um presidente burro, que comprou a briga do seu pai. A Guerra do Iraque, a caçada sem sucesso a Bin Laden, a ineficiência do presidente para conter a crise, tudo contribuiu para desgastar a imagem do Partido Republicano com o povo estadunidense.

Parabéns ao povo americano, que escolheu muito bem seu governante, depois de 8 anos obscuros sob o comando do tapado George Bush.

Eleições Americanas: Animação trás Palin brigando com Biden

EA divulga vídeo de The Sims 3 com Sarah Palin brigando com Joe Biden. Outro vídeo trás John McCain dançando de cuecas

Por Luan Borges
Direto ao Ponto

A EA Games divulgou dois vídeos do The Sims 3, um dos jogos mais esperados de 2009. Para amostrar o realismo dos gráficos, os vídeos trazem os candidatos a vice-presidência Sarah Palin e Joe Biden, debatendo entre si, literalmente. No vídeo, Sarah Palin ataca fisicamente o vice de Barack Obama. Os dois, então, se enfrentam numa grande briga, que termina com a vitória de Sarah Palin, o que deixa Obama em desespero.

Em um outro vídeo, McCain e Palin estão discursando para uma platéia entediada. Então, para animar a platéia, eles começam a dançar Hip Hop em trajes de banho. Barack Obama, que assiste a cena enquanto caminha em uma esteira, cai de cara no chão.

No final dos vídeos, é escrito, em inglês que “nenhum candidato foi ferido durante a produção deste vídeo”. Ainda o vídeo, a EA diz que os candidatos não estão autorizados a utilizar os vídeos em suas campanhas.