Televisa quer lançar canal de novelas no Brasil

midia

O TL Novelas está presente em toda América Latina e Europa, só falta o Brasil

Por Luan Borges

A Televisa Networks, divisão da rede mexicana Televisa que controla os canais da TV Paga, pretende lançar o seu canal dedicado a telenovelas mexicanas, o TL Novelas, no Brasil no próximo ano, segundo José Elizalde, coordenador de vendas da empresa.

Segundo Elizalde, a Televisa Networks ainda não se instalou no Brasil por causa do monopólio que havia na TV paga e pela imposição da língua: as operadoras de TV paga que monopolizavam o mercado diziam que o público brasileiro não gostavam de canais em espanhol. Elizalde diz também que, se o TL Novelas for bem sucedido no Brasil, existe a possibilidade do lançamentos de outros canais do grupo no Brasil, como o musical TeleHit.

A Televisa planeja lançar o TL Novelas com conteúdo dublado ainda em 2010. A emissora aposta no público fã das produções mexicanas, que não são exibidas para todo o Brasil desde 2008, quando o SBT exibiu a última trama da terra de El Chavo: a reprise de “O Privilégio de Amar”.

Atualmente, as novelas da Televisa são transmitidas no Brasil pela CNT, que é transmitida para poucas cidades brasileiras. A emissora exibe a reprise “A Outra” e a inédita “Amanhã é Para Sempre”.

Os canais da Televisa já foram transmitidos para o Brasil em 1996 através do sistema Net e Sky. Entre eles, estava o Canal de Las Estrellas, com o mesmo conteúdo do canal aberto mexicano. O canal foi retirado da grade de programação das operadoras por estarem em espanhol e sem legendas.

TELEVISÃO:Caras & Bocas estréia com boa audiência

Por Lukas
Direto ao Ponto // Inovando e Informando

A nova novela das sete “Caras & Bocas” atingiu em sua estréia 33 pontos segundo dados prévios divulgados pela coluna Radar Online.Agora é esperar para ver se ela de fato vai trazer de volta o público que costumava assistir as novelas da globo nesse horário,ou repetir a mesma trajetória das suas antecessoras, estreavam com essa audiência e depois acabavam declinando.

Caras & Bocas é uma novela leve e baseada em romance e comédia uma típíca novela das sete, com a diferença de ser escrita por Walcir Carrasco que sabe muito bem o que faz e um elenco jovem e na sua grande maioria com muito talento,a Globo aposta nesse novo produto como sendo a novela que vai trazer de volta ao seu antigo patamar de audiência no horário.

Márcio Garcia e Juliana Paes entram em clima natalino e fazem boa ação

De Lukas Oliveira

1304656babado_juliana_paes_e_marcio_garcia__1gente___fotos_321_481No último domingo (21/12), segundo vários sites de celebridades divulgaram os atores Márcio Garcia e Juliana Paes utlizaram de suas respectivas imagens para fazer o bem e entrar de fato no clima natalino.No qual é proposto fazer caridade e se doar ao próximo.

Os atores apadrinharam a camapanha “Natal sem fome” e passaram pela favela da Rocinha no Rio de janeiro distribuindo brinquedos para as crianças da comunidade.Um gesto que vai além de uma promoção da imagem dos mesmos até porque nenhum dos dois precisam disso, e estimula a todos para que possa trazer a tona um sorriso ao rosto de uma criança,ou de um idoso dar esperança a um desamparado.

Desta maneira, porque não aproveitamos esse final de ano para fazermos a diferença na vida de alguém desconhecido mesmo que seja apenas por um instante.

Esse texto não tem a intenção de saber a vida dos artistas em questão,mais de convocar a todos para que realizem bons atos com o próximo.E aproveito que esse blog é bastante divulgado e peço a participação de todos comentando e deixando mensagem de paz a todos e contando qual ação boa irá fazer ou já fez para um semelhante.

Televisão: SBT contrata Del Rangel

Demitido depois da desativação da teledramaturgia da Band, Del Rangel será Diretor Geral da teledramaturgia do SBT

Por Luan Borges
Direto ao Ponto

O SBT anunciou na tarde desta segunda, dia 1º, que contratou Del Rangel, ex-Bandeirantes, para ser o Diretor Geral de teledramaturgia da emissora, cargo que era ocupado por David Grimberg, que passa a ser consultor da área, responsável por selecionar os textos para as próximas novelas da emissora.

Continuar lendo

Cadê a Qualidade?

(Por Luan Borges)

“Q de Qualidade só se vê na Globo”, “Qualidade também se vê na Record”, “A Qualidade que só o SBT tem”. Essa palavra está na moda. Todas dizem que tem “qualidade”. A Globo mostrou a sua qualidade, o seu “Padrão Globo de Qualidade”, falando dos estúdios de milhões de dólares, mostrando sua grandeza. Já a Record mostrou sua qualidade em números, mostrou seu crescimento de 2004 à 2008. Já o SBT mencionou rapidamente na chamada do então “Novosídolos”, querendo atacar a Record.

Mas será que a TV brasileira tem qualidade, ou só ego? É inegável que a TV brasileira é uma das que mais se destacam no mundo, junto com a americana e a mexicana, mas será que destaque é sinal que qualidade? Novelas com efeitos bizarros, estilo copiado, grades repletas de enlatados, jornalismo manipulado, falta de investimentos, trocas repentinas de horários, e, o principal, o sensacionalismo barato. São fatores que mostram que a qualidade passa longe.

O caso Isabella é um ótimo exemplo para mostrar que, na verdade, o sensacionalismo barato e a guerra pelo Ibope rondam a TV brasileira. Começou com a Record, que conquistou a liderança durante diversas vezes explorando o caso, o que obrigou as outras emissora a também explorarem o caso, inclusive a tal emissora do “Q”. Todos os telejornais da televisão brasileira, em especial os policiarescos como “Brasil Urgente”, “Balanço Geral” e o extinto “Aqui Agora”, só tinham uma pauta: Caso Isabella. Num instante não existia mais assassinado, corrupção e nem dengue no Brasil, só Caso Isabella. Vendo os índices da cobertura do caso, os programas de variedades como “A Tarde é Sua” e “Mais Você” também entraram na “cobertura”, e novelas, fofocas e culinária deram espaço a morte da menina Isabella. Isso é qualidade? Sugar o sangue de Isabella Nardoni só pra liderar no Ibope e terminar o mês comemorando o aumento na audiência que, logo após o fim do caso, cairá?

O problema não é somente as emissoras não colocarem programas de qualidade na TV, mas também o público brasileiro não gostar que qualidade. Como é possível a novela “Caminhos do Coração”, uma novela que tem um ótimo elenco, porém um texto vergonhoso do “Rei do Ibope” Tiago Santiago, e efeitos de última categoria marcar 20 pontos de audiência enquanto “Ciranda de Pedra”, uma novela com um elenco melhor ainda, um excelente texto e ótima produção marcar apenas 17, 19 pontos? O pior está mesmo é na TV Cultura, toda a TV Cultura, que nas pesquisas “boca-a-boca” todos dizem assistir, mas na pesquisa do Ibope disputa audiência com a Gazeta.

Além da falta de qualidade, tem também a “emissora preguiçosa”. A RedeTV! e o SBT são exemplos disso.

Em uma, basicamente, só existem quatro programas na grade diária, todos falando sobre os programas da Globo. Nem quando ela tinha uma produção própria, a excelente série “Donas de Casa Desesperadas”, os programas só falavam da Globo. Curiosamene, esses programas têm mais de 3 horas de duração.

Na outra, são os enlatados e reprises que dominam a programação. Desde às 7 da manhã até às 10 da noite são programas enlatados, salvo dois infantis, que não tem grande produção, e o “Casos de Família”, um programa de baixo orçamento porém cativante. Novelas? Só “Chiquititas”, “Lalola” e “Privilégio de Amar”, as duas primeiras argentinas e a segunda reprise mexicana, o tal “Vale a Pena Ver (5 Vezes) de Novo”.

Ó, Qualidade, onde estás? Talvez por esse “sumiço”, o “share” (números de televisores ligados), tenha caído muito, e o número de internautas brasileiros crescidos bastante. As emissoras não querem assumir, mas é inegável. É só ver ao seu redor. Não se comenta mais novelas, mas sim comunidades do Orkut e vídeos do Youtube. É a migração do rádio pra TV acontecendo de novo, só que da TV pra Internet. E tudo por culpa da letra F e Q: Falta de Qualidade.

Emissoras “Sims” – Amadorismo profissional

(Por Luan Borges)

Todo mundo, uma vez pelo menos, teve uma idéia de uma série, novela ou um outro programa variado, não é verdade? Pois bem, como é mais fácil você ganhar na loteria do que ter o seu programa indo ao ar em uma das cinco grande redes, criou-se as chamadas “Emissoras Sims”: são emissoras que tem seus programas fotografados ou filmados no jogo “The Sims”. Pra quem não sabe, “The Sims” é um jogo onde você controla seus personagens, chamados de “Sims”. A primeira emissora sim brasileira foi criada em 2000, e de lá pra cá surgiram outras emissoras, uma delas é a The Sims TV.

Ter uma idéia, colocá-la no papel, desenvolvê-la, fotografá-la e depois colocar no ar. Parece que não, mas o trabalho é árduo, mas para Rodrigo Rabelo, que já escreveu uma série para o site, o esforço vale a pena. “A sensação de saber que aquela história maluca que saiu de nossa cabeça diverte as pessoas, o reconhecimento e carinho dos fãs, essas sensações não têm preço!”, diz Rabelo. Ele ainda complementa: “É um bom canal de comunicação, de compartilhar a criatividade, de expor suas idéias, de deixar suas histórias mais conhecidas”

Mas, o que leva uma pessoa a criar uma emissora sim? Fabiana Franchim, criadora da The Sims TV, explica: “Eu criei a The Sims TV porque eu gosto de escrever, fazer clips e histórias, além de conhecer ótimos produtores que poderiam contribuir positivamente na comunidade Sim Brasileira. É realmente um lugar onde o entretenimento dos internautas vem em primeiro lugar, e é feito por quem entende do assunto.”

Sem dúvida, a maior vantagem é o contato direto com o leitor, chamado de “feedback”. Para Fabiana, “ter um canal direto e sempre responder os e-mails dos fãs contribui diretamente pra isso, porque o fã sente que o trabalho é feito realmente para ele, e não que ele é apenas mais um mero expectador.”. Já Rodrigo destaca um bom lado desse contato: “Dos feedbacks sempre nascem grandes amizades”.

Mas não pense que para fazer uma história qualquer coisa vale. O público é muito mais exigente e muito mais seleto. Uma boa história e uma boa fotografia são alguns dos ingredientes para sua novela ou série fazer sucesso no ramo. O principal é ouvir o público.

Seu blogueiro também é um autor. Viva Las Vegas é uma das histórias mais lidas no site.

Thalía vem aí…

 

A atriz, cantora, compositora e grande diva latina Thalía Sodí poderá voltar a fazer telenovelas. A emissora mexicana Televisa quer que Thalía protagonize uma trama de época. Segundo os produtores, a novela será longa e muito dramática. Thalía foi convidada para protagonizar a novela “Pasión” ao lado de seu ex-noivo e par romântico Fernando Colunga (Luiz Fernando de “Maria do Bairro” e Carlos Daniel de “A Usurpadora) e uma minissérie, “La Bastarda”. Thalía não aceitou pois estava grávida. O papel de Thalía em “Pasión” ficou com Suzana Gonzáles (Lilian Lopez de “Feridas de Amor”), e registrou uma das mais baixas audiências do horário das 22h do Canal de Las Estrellas, canal de telenovelas da Televisa. Já “La Bastarda” foi adiada.

Thalía ficou conhecida no Brasil pela chamada “Trilogia das Marias”, as novelas “Maria Mercedes”, “Marimar” e “Maria do Bairro”, além de ter protagonizado as novelas “Meus Quinze Anos”, antes da Trilogia, e “Rosalinda”, depois da Trilogia. Thalía, inclusive, chegou a desfilar numa escola de samba carioca em 1998, ano de exibilção de “Maria do Bairro” pelo SBT.

A Televisa quer que com a volta de Thalía como protagonista de suas novelas, a audiência de suas novelas volte a ser o mesmo da época de “Maria Mercedes”, “Marimar”, “Maria do Bairro”, “A Usurpadora” e outros sucessos, além de voltar a vender telenovelas para vários países, já que a mesma tem perdido espaço para as produções argentinas e brasileiras.